Com uma linha bem completa de notebooks, a Acer tem soluções para todos os tipos de consumidores. Uma das séries da fabricante que mais chama a atenção é a Predator, que conta com aparelhos dedicados para jogos.

O nome Predator fez sucesso nos últimos anos, porém ficou limitada a um público seleto, considerando que as configurações mais robustas incrementam os valores significativamente.

Para oferecer uma alternativa ao gamer que busca uma opção mais acessível, a Acer lança agora a linha Aspire VX15, que vem com características visuais semelhantes e uma configuração equilibrada para rodar os games mais modernos.

O novo Aspire VX15 chega ao Brasil com processador Intel Core de sétima geração, muita memória RAM e placa de vídeo da série GeForce 10. Será que ele está pronto para o gameplay pesado? Nós testamos o produto em várias situações e agora trazemos um veredito para você.

Especificações

Design inspirado na série Predator

Como de prache, nós começamos nosso review pela avaliação do design do produto. Bom, nesse quesito, o projeto gamer de entrada da Acer surpreende positivamente, uma vez que se aproxima do visual mais ousado da linha Predator, mas apresenta incrementos pontuais que garantem uma identidade inédita e única.

A carcaça tem traços similares aos que já vimos no Predator, principalmente nas diagonais que proporcionam um visual ousado. A tampa em aço escovado segue as retas das linhas vermelhas, que infelizmente não brilham, mas que combinam legal com as saídas de ar na parte traseira.

O nome ASPIRE VX fica na área metálica, posicionada entre a tampa e o sistema de refrigeração atrás. Essa região dá uma quebra na composição, uma vez que tem mudanças significativas de cores e também de estilo. O nome gravado aqui fica no sentido oposto ao logotipo da Acer que fica na tampa.

As diagonais usadas na composição externa funcionam bem ao redor do teclado e do touchpad, onde há bastante espaço de respiro. Todavia, para dar harmonia, a Acer foi obrigada a usar as mesmas diagonais na tampa, algo que ficou um tanto esquisitas ao redor da tela, uma vez que estamos habituados a bordas que sigam o mesmo formato do display.

A cor vermelha é marcante na composição do Aspire VX 15, com detalhes em algumas teclas (W, A, S e D), no touchpad e também nas saídas de ar. O visual fica completo com os LEDs de retroiluminação do teclado, que brilham na cor vermelha.

O design do Aspire VX15 lembra o de máquinas mais tops da marca, mas se diferencia pela simplicidade em alguns pontos. As medidas reduzidas também impressionam, já que este é um laptop gamer que você pode levar para todo lugar sem se preocupar com o peso, que fica aí pertos dos 2,5 kg.

Tela de alta qualidade, mas colorido nem tanto

Considerando o público-alvo, a Acer limitou a série Aspire VX a modelos com um único tamanho de tela. Como o próprio nome sugere, este aparelho vem com display de 15 polegadas, o que é bastante satisfatório para curtir games em qualquer lugar.

A resolução Full HD é excelente para exibir conteúdos em alta definição, sendo que os jogos ficam excelentes nessa tela. A superfície é do tipo anti-reflexiva, o que garante bons resultados mesmo em ambientes com iluminação reforçada.

O nível de brilho e o balanço no contraste garantem imagens com cores reforçadas. Apesar dessas qualidades, o display do Acer Aspire VX15 deixa a desejar pela falta de fidelidade quanto o usuário muda o ângulo da tela. As imagens ficam muito escuras, o que força o jogador a se manter sempre na mesma posição.

Desempenho afinado

É claro que o visual é importante, mas jogadores dão muito mais atenção ao hardware, não é verdade? Pois bem, nesse ponto, a Acer caprichou nas configurações do Aspire VX15. O modelo que nós testamos contava com o processador Intel Core i7-7700HQ, componente de quatro núcleos que roda até oito threads e tem clock que chega a 3,8 GHz no modo Turbo.

Este chip é um dos mais poderosos para notebooks, principalmente para modelos mais finos como este Acer — e em outros aparelhos que já vimos de outras fabricantes. O desempenho apresentado é ideal para qualquer atividade pesada, sendo que este componente não deve ter dificuldades para rodar os games mais recentes.

Em nossos testes, a performance foi bastante satisfatória também pela memória adequada para a proposta de um laptop gamer. Este modelo vem com 16 GB de memória do tipo DDR4, o que permite executar vários apps ou rodar jogos muito pesados. A única decepção foi o componente de armazenamento, que é um HD de 1 TB de 5.400 rotações por minuto.

Na prática, isso significa que ele demora um bom tempo para abrir alguns games. Por outro lado, a Acer parece ter priorizado o espaço amplo para guardar muitos jogos. Conforme nós já criticamos em várias análises, o ideal seria ter pelo menos um SSD de 240 GB ou uma combinação de SSD com HD. A Acer tem opção com SSD, mas parece que ele não tá disponível nas lojas do Brasil.

O Aspire que a gente testou veio com a GeForce GTX 1050 Ti, que por sinal é a mesma placa de vídeo usada em desktops. Com 4 GB de memória GDDR5, ela tem potência para rodar os games mais modernos em Full HD, mas isso só é possível se o notebook você conectar na tomada, porque ela usa muita energia.

Inclusive, é bom salientar que esse chip gráfico consome muita energia, então é bom regular os gráficos (diminuir a qualidade ou desativar filtros) se você for jogar só na bateria para conseguir uma jogabilidade melhor.

Benchmarks em jogos

Batman: Arkham Knight

Grand Theft Auto V

Rise of the Tomb Raider

Bateria quase lá

Notebooks gamers nem sempre se saem bem em testes de energia e o Aspire VX15 não é muito diferente nesse ponto. O uso constante da placa de vídeo e das ventoinhas limita a duração da bateria. A gente conseguiu rodar jogos por aproximadamente uma hora e vinte minutos.

No teste de entretenimento do Powermark, este Acer conseguiu um pouco menos do que duas horas de duração, o que é um resultado mais ou menos (o modelo da Samsung se saiu melhor nesse teste). Se você só vai navegar e ver vídeos, pode esperar duração de quase 4 ou 5 horas, o que é menos do que a fabricante promete.

Extras

É muito difícil um notebook gamer entregar uma experiência confortável, ainda mais com uma placa de vídeo que esquenta muito. O sistema de refrigeração da Acer é inteligente, mas ainda não é perfeito.

A região central do teclado esquenta muito, marcando quase 50 graus Celsius em algumas regiões. Isso incomoda muito em alguns games, já que é normal usar várias teclas e esquentar as mãos durante as partidas. O restante do calor é devidamente dissipado pelas saídas na traseira, o que evita que toda a tela fique quente. O sistema é silencioso, o que é um ponto bem positivo.

O áudio deste Acer superou nossas expectativas. Com a tecnologia Dolby, os alto-falantesa ganham um reforço no som, que deixa os graves equilibrados e a equalização bem agradável. O volume também é bom, o que garante experiência imersiva nos games.

Vale a pena?

A corrida agora é pelos notebooks gamers de entrada e a Acer entregou um modelo muito competente e capaz de competir com os grandes concorrentes.  O Aspire VX15 chega como um gamer pronto para a jogatina pesada e com um design bem ousado.

O visual segue a linha Predator, o que nos agradou bastante, já que ele se diferencia dos laptops de outras fabricantes que ainda não são tão incrementados. A configuração de hardware é ideal para curtir seus games com boa qualidade, sendo possível até abusar de texturas e filtros.

Talvez, o grande contra é a falta de um SSD, o que limita o desempenho nos carregamentos do sistema e dos jogos. A bateria também deixa a desejar, então pode se preparar para levar o carregador na mochila. Aliás, falando nisso, este Acer é muito leve, o que é excelente para quem quer levar o PC de jogos para todo canto — e isso quebra o argumento de quem diz "com essa grana dá para montar um PC muito melhor", já que estamos falando aqui de portabilidade.

Agora, o que importa realmente é a nova placa de vídeo da NVIDIA. Conforme você pode ver nos gráficos, a GeForce GTX 1050 Ti se mostra muito preparada para jogos modernos, com ótimos resultados em qualidade elevada. Ela tem uma boa vantagem boa sobre a GTX 1050, então se você tiver a grana, aposte na versão mais forte.

Enfim, o Aspire VX15 chega pra concorrer com modelos como o Samsung Odyssey e o Dell Gaming; e faz bonito em todos os aspectos. Se você quer um gamer de entrada, este Acer pode ser uma ótima opção.

Os valores deste Acer variam de 4.599 reais, na versão com GTX 1050, até 5.999 reais, para o modelo mais top com 16 giga de RAM e GTX 1050 Ti. Os preços estão dentro do aceitável, mas é difícil recomendar a configuração mais robusta, pois o salto em desempenho parece bem salgado para o consumidor.

Vale a pena comprar o Aspire VX15, mas talvez o modelo mais básico seja uma opção melhor ou então pode ser legal esperar uma promoção.

Promoções

Cupons de desconto TecMundo: