A Nokia e a operadora du, que é bastante influente no Oriente Médio, apresentaram um novo teste da tecnologia de rede móvel 5G. A demonstração ocorreu ao vivo durante o GITEX Technology Week, em Dubai.

Durante o teste, as companhias atingiram a incrível velocidade de 10,22 Gbps sob baixa latência, um valor que ainda pode ser ultrapassado, mas que já é considerado um sucesso.

O sistema usa antenas inteligentes e modulação de última geração, combinadas com alta largura de banda. Esses são desafios já vencidos em laboratório ou para testes programados, como foi o caso da GITEX — o objetivo é transformar a estrutura em algo comercial para uso do 5G no cotidiano.

De acordo com as empresas, o objetivo da popularização da nova tecnologia é atingir também aparelhos de comunicação da Internet das Coisas e serviços conectados de toda uma "cidade inteligente". Além disso, essa plataforma permite o uso de uma internet móvel que não tenha reduções de velocidade e garante o download de um filme em alta definição em questão de segundos, por exemplo.

A Huawei é outra fabricante interessada no 5G. Em um teste feito também em outubro e sob condições reais no Japão, a velocidade atingida foi de 3,6 Gbps. A tecnologia deve se tornar comercial somente daqui a cinco anos.

Cupons de desconto TecMundo: