(Fonte da imagem: Reprodução/SlashGear)

Embora muitos acreditem que os televisores 4K sejam o futuro, há quem nutra opiniões diferentes. Segundo a empresa IHS, dispositivos do tipo podem se tratar somente de uma moda passageira, que ficará restrita a poucos consumidores endinheirados e a aplicações comerciais.

Segundo a organização, painéis 4K de 60 polegadas (com resolução 3840x2160) são realmente impressionantes caso haja vídeos em um formato compatível — algo que não é muito comum atualmente. A instituição especializada em pesquisas de mercado afirma que, como aparelhos com a tecnologia só correspondem a 1,5% dos carregamentos totais de televisões em 2012, simplesmente não há demanda suficiente para que conteúdos assim sejam produzidos.

“Além disso, para a maioria das pessoas a resolução 1080p já é boa o suficiente. Devido a esses fatores, combinados com o grande preço cobrado, o mercado para dispositivos 4K vai estar limitado a consumidores muito ricos e ao uso comercial durante os próximos anos”, afirma a IHS.

AMOLED é o futuro?

A empresa acredita que a próxima tecnologia que realmente vai ser capaz de atrair a atenção dos consumidores é o AMOLED. “Marcas japonesas estão oferecendo produtos 4K porque precisam de uma alternativa competitiva às TVs AMOLED vendidas por rivais sul-coreanas como a Samsung e a LG Electronics”, declarou a organização.

A IHS afirma que o único motivo pelo qual painéis AMOLED ainda não se tornaram populares são os problemas logísticos enfrentados por essas fabricantes. Assim que elas forem capazes de atingir um patamar de preços e volume de produção aceitável, a tecnologia tem tudo para tomar lugar central no mercado.

Fonte: SlashGear

Cupons de desconto TecMundo: