Segundo o G1, as operadoras Vivo, TIM e Oi receberam permissão e agora podem compartilhar a mesma infraestrutura de redes 4G. Quem deu o aval foi o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), alegando que as empresas podem reduzir os gastos com a expansão da tecnologia ao utilizar a mesma infraestrutura.

A principal barreira para a expansão da cobertura 4G era a instalação de novas torres e antenas. Agora, com a permissão, as operadoras podem trabalhar melhor neste quesito. Hoje, a Oi e a TIM já utilizam a mesma rede, que opera na frequência 2.500 MHz — a possibilidade de utilizar esta faixa foi adquirida durante um leilão da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

"As requerentes declaram que, ao vencer a licitação, assumiram inúmeros compromissos de abrangência envolvendo a construção, operação e manutenção da rede necessária para cumprir tais obrigações, bem como para atender de forma adequada aos novos clientes da tecnologia 4G, implicando investimentos substanciais", lê-se em um trecho do despacho do Cade.

Por outro lado, a Claro ficou de fora da festa. Segundo os números da Teleco, a operadora possui uma cobertura maior que a da Vivo, e oferece 4G para 169 municípios, totalizando 48% da população com internet móvel de alta velocidade.

Agora, você acha que a cobertura 4G vai melhorar no Brasil? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: