Não há dúvidas de que as conexões 4G estão se tornando cada vez mais populares, e uma prova disso é que, no ano de 2014, esse tipo de acesso à internet móvel ficou pela primeira vez à frente do 3G no que diz respeito ao número de assinaturas ao redor do globo. A informação foi dada por Hans Vestbergs, presidente-executivo da Ericsson, durante a Mobile World Congress 2015. 

De acordo com as informações divulgadas, no ano passado foram criadas aproximadamente 800 milhões de novas conexões a nível global. Com isso, o número de acessos de banda larga móvel aumentou para 2,7 bilhões, o que representa um crescimento de 40% numa comparação com o que foi visto em 2013. Nesse cenário, o 4G superou o 3G em 110 milhões de adesões. 

“O que as pessoas estão fazendo com isso? Estão vendo muito vídeo”, afirmou Vestbergs, explicando o motivo de vermos atualmente um número maior de procuras por conexões 4G, que oferecem mais velocidade. 

Vale mencionar, os vídeos são os responsáveis por concentrar grande volume de dados em poucos aplicativos, sendo que um grupo com cinco deles (a saber, Facebook, YouTube, Chrome, WhatsApp e Instagram) consome dois terços do tráfego de dados móveis. 

Cenário diferente em terras tupiniquins 

Ainda que o acesso ao 4G esteja aumentando no Brasil (no ano passado a marca foi de 6,76 milhões de aparelhos conectados dessa forma em terras tupiniquins), esse número ainda não é grande o bastante para superar o 3G. Aliás, este tipo de conexão deixou o 2G para trás pela primeira vez em 2014, sendo a responsável por 51% dos acessos.

Cupons de desconto TecMundo: