Enganando muito mais do que os olhos, e colocando a tecnologia – literalmente – nas pontas dos dedos, cientistas japoneses criaram uma simulação capaz de gerar a impressão de volume e resistência material em projeções 3D.

Sincronizando o “sistema em tempo real de criação de espaço de realidade virtual”, a “interface de ilusão sensorial tátil e sinestética” e o “sistema de rastreio multi posicional”, o I³Space japonês consegue simular a sensação de tocar em uma imagem tridimensional.

Cada uma das partes do I³Space cumpre uma tarefa específica para atingir esse objetivo.
O sistema de criação de espaço virtual calcula as forças aplicadas à imagem a partir do deslocamento dos sensores nas pontas dos dedos do usuário e calcula as forças de reação a esse movimento.

A movimentação dos sensores é captada pelo sistema de rastreio, graças às várias câmeras apontadas ao usuário. Os resultados de toda essa matemática espacial são transformados em sensação de resistência e textura, graças a outra tecnologia desenvolvida no mesmo instituto em 2005, o GyroCubeSensuous.

i³Space

Fonte: Tech-on

Segundo os pesquisadores responsáveis, o I³Space deve ser utilizado para simulações de cirurgias médicas, modelagem de design e também como interface para jogos.

O próximo passo da equipe criadora do equipamento é diminuir o tamanho do sistema, aprimorar suas funções e ajudar desenvolvedores e fabricantes a adaptar o I³Space para diversos usos.

Os detalhes do funcionamento e o anúncio oficial do I³Space serão realizados pelo AIST durante a conferência de desenvolvedores de jogos CEDEC 2010, entre 31 de agosto e 2 de setembro, na cidade de Yokohama, Japão.

Cupons de desconto TecMundo: