O WhatsApp anunciou hoje que não cobrará mais aquela taxa anual de US$ 1,00 de seus usuários e deixou todo mundo feliz, mesmo essa cobrança tendo se tornando uma espécie de lenda urbana, já que o pagamento raramente era exigido de alguém. De qualquer forma, a mudança não significa que o app vai gerar lucro zero para o Facebook. A empresa apenas mudou a forma como espera ganhar dinheiro com a plataforma.

Segundo a postagem oficial do serviço, testes serão feitos com APIs que basicamente permitirão a empresas terem perfis oficiais no app. Com isso, elas não precisarão de um número de telefone tradicional para se comunicar com você e poderão enviar mensagens para seus clientes sem ter que utilizar SMS para isso.

O WhatsApp não explica com precisão que tipo de mensagens permitirá que essas empresas enviem para seus clientes nem quanto pretende cobrar delas por isso. Contudo, foi dado o exemplo de um banco confirmado a uma pessoa a realização de uma transação financeira. Ou seja, quando você comprar algo muito caro no cartão de crédito, o banco poderá enviar uma mensagem perguntando se foi você mesmo que autorizou o pagamento.

É cilada, Bino?

A postagem diz ainda que não haverá propaganda de terceiros no WhatsApp, mas isso provavelmente se refere àquelas propagandas embutidas na interface de apps gratuitos para celular. Não sabemos ainda se empresas poderão enviar mensagens com propaganda para seus clientes utilizando as futuras APIs do WhatsApp.

Será que o WhatsApp vai permitir que empresas mandem propagada para seus clientes através do mensageiro? Comente no Fórum do TecMundo