O torneio mundial de Halo, ou Halo World Championship, está muitíssimo bem representado pela América Latina - e, sobretudo, pelos brasileiros. Para quem está acompanhando as disputas nas postagens da cobertura que o TecMundo está fazendo na Cidade do México, a convite da Microsoft, a pipoca está garantida.

O andamento do torneio está um pouco emperrado para as equipes brasileiras. Ao todo, são oito times latino-americanos classificados para as finais regionais, dos quais três vestem a camisa do nosso país, três pertencem ao México, um é da Colômbia e o outro é da Argentina. Desses oito times, quatro seguem às semifinais que definirão a grande final neste domingo, dia 14. E duas equipes brasileiras já foram eliminadas.

Os grupos e as partidas

Conforme já publicado aqui, os grupos foram divididos em A e B, e o esquema adotado foi o melhor de três. O Grupo A era originalmente composto por Gideon (Argentina - eliminado), Team Callidus (Brasil - eliminado), Chosen Legacy (México) e After Life Gaming (México). O Grupo B, por sua vez, reúne as equipes GG Team (Brasil), Insane OnFire (Colômbia), Chosen Squad (México) e Black Lotus BR (Brasil - eliminado).

O grupo After Life Gaming é um verdadeiro "carrasco" no lado do México

Como não poderia deixar de ser, o jogo utilizado como palco para as disputas é Halo 5: Guardians. As três modalidades principais adotadas são Strongholds, Team Slayer e o célebre Capture the Flag. Os mapas Coliseum e The Rig estão entre os favoritos dos brasileiros. Somente o GG Team sobrevive para representar o Brasil agora. O placar de maior destaque da equipe é o de 100 a 20 sobre o Black Lotus BR, também brasileiro e já eliminado, no modo Strongholds, mapa Eden. As disputas ainda estão rolando.

O México, até aqui, segue intacto com suas três equipes. Em todas as partidas, os torcedores presentes no local gritaram e ovacionaram os times de seu país em rodadas marcadas por doses emocionantes.

Torcedores mexicanos vão à loucura e vibram com entusiasmo durante as partidas

Como já explicado, das oito equipes, quatro seguem às semifinais e à grande final neste domingo, 14. O vencedor vai a Los Angeles, nos EUA, disputar o título mundial em março. O prêmio para o primeiro lugar desta etapa regional da América Latina é de US$ 15 mil. Lá nos EUA, o acumulado para a grande final é de US$ 2,5 milhões.

O TecMundo segue com a cobertura completa e postará mais novidades do torneio, bem como um balanço completo, após o término das rodadas deste sábado.

E aí, será que vai ter alguma equipe do Brasil em Los Angeles para a final do torneio mundial de Halo? Opine no Fórum do TecMundo.