O que é e como descobrir o IMEI do seu celular?

Um número simples que pode ser muito útil na hora de resolver alguns problemas com o aparelho.
  • Visualizações110.061 visualizações
Por Elaine Martins em 17 de Maio de 2012

Segundo as estatísticas encontradas no site da ANATEL, o Brasil possui cerca de 250,8 milhões de celulares em circulação, e esse número tende aumentar cada vez mais. Com tantos aparelhos sendo produzidos todos os dias, fica difícil identificar cada dispositivo.

Por isso, foi criada uma espécie de impressão digital para os celulares. Trata-se de uma sequência de números e caracteres especiais única para cada dispositivo, batizada de IMEI.

A ideia é bem parecida com o MAC address das placas de rede. Isso facilita na hora de localizar um aparelho específico em meio às centenas de dispositivos colocados no mercado todos os meses.

O que é e como descobrir o IMEI do seu celular? (Fonte da imagem: iStock)

Impressão única

IMEI é o acrônimo de Mobile Equipment Identity (Identificação Internacional de Equipamento Móvel). Todo aparelho habilitado possui a sua impressão digital registrada em um banco de dados chamado EIR (Registro de Identidade de Equipamentos). Assim, as operadoras podem conferir se as características físicas do aparelho apresentado por um cliente batem com a descrição no EIR e verificar sua legitimidade.

Normalmente, o número de identificação dos dispositivos vem impresso na caixa do aparelho ou está registrado no espaço destinado à bateria. No segundo caso, é preciso remover o elemento que alimenta o celular com energia para ter acesso ao IMEI.

O que é e como descobrir o IMEI do seu celular? (Fonte da imagem: Wikimedia Commons)

Se você não conseguir visualizar o código, é possível acessá-lo digitando o código *#06# no aparelho. A sequência de caracteres é exibida na tela do celular.

Qual a utilidade?

O IMEI pode ser muito útil para a personalização de serviços nas operadoras. Além disso, é por meio da “impressão digital” dos aparelhos que as prestadoras desbloqueiam os celulares para que você possa utilizar o chip de outras empresas.

O número de identificação também pode ser utilizado caso o dispositivo seja roubado. Quando um IMEI é bloqueado, as funções que dependem da operadora, como ligações e conexão com a internet, ficam indisponíveis.

Com isso, o aparelho perde completamente a utilidade. Embora não seja possível recuperá-lo, quem o roubou também não poderá fazer muita coisa com ele. Para saber um pouco mais sobre o bloqueio dos aparelhos por meio do IMEI, acesse o artigo “IMEI: aprenda a bloquear o aparelho celular em caso de roubo”. 



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!