Blu-ray ou cópia digital: qual é melhor para vídeos em 1080p?

Site compara as imagens em Full HD obtidas em um disco Blu-ray e um vídeo do iTunes.
  • Visualizações11.919 visualizações
Por Renan Hamann em 15 de Março de 2012

Blu-ray ou cópia digital: qual é melhor para vídeos em 1080p?

O iTunes está disponibilizando filmes em 1080p, não mais sendo limitado aos 720p de alguns meses atrás. Mas será que a qualidade do Full HD oferecido pela Apple é igual à dos discos Blu-ray? O site ArsTechnica realizou um trabalho completo para descobrir a resposta para essa pergunta.

Para isso, foram utilizados um monitor Dell U2312HM (com resolução de 1920x1080 pixels), um MacBook Air conectado pelo DisplayPort e um leitor de Blu-ray Panasonic DMP-BD65 conectado por um cabo HDMI-DVI. O site ainda utilizou o filme "30 Dias de Noite" para capturar as imagens e realizar a comparação.

O tamanho dos arquivos

Em um disco Blu-ray de duas camadas, é possível armazenar até 50 GB de dados – mas vale lembrar que, além do filme, existe um grande número de informações adicionais no disco. Ao mesmo tempo, o arquivo digital do iTunes é disponibilizado em 3,62 GB.

Suavidade nos pixels

Nos menus, não é possível ver diferenças gritantes entre as imagens reproduzidas, pois a exibição de textos é suave nos dois formatos. Com o vídeo mais “agitado”, começam a ser mais perceptíveis as disparidades. Como é possível ver na imagem abaixo, a versão iTunes (à esquerda) é mais suave do que a do Blu-ray (à direita).

Blu-ray ou cópia digital: qual é melhor para vídeos em 1080p? (Fonte da imagem: Reprodução/ArsTechnica)

Cores

Quanto às cores, os dois formatos são praticamente idênticos. O ArsTechnica afirma que não há como perceber superioridade de um ou outro padrão em relação a elas. Prova disso está na imagem que encerra este parágrafo.

Blu-ray ou cópia digital: qual é melhor para vídeos em 1080p? (Fonte da imagem: Reprodução/ArsTechnica)

Sombras e picos de luz

Comparando duas imagens de um vampiro no mesmo momento, é possível perceber que há alguns problemas no brilho e nos reflexos exibidos pela versão iTunes (esquerda). Ao mesmo tempo, os efeitos de luz do Blu-ray mostram certa superioridade.

Blu-ray ou cópia digital: qual é melhor para vídeos em 1080p? (Fonte da imagem: Reprodução/ArsTechnica)

Granulação de movimento

Em situações em que o movimento é muito rápido – um carro em alta velocidade, por exemplo –, fica muito perceptível que o Blu-Ray (direita) exibe mais granulação na imagem. A cópia digital do iTunes consegue ser bem mais suave nesse quesito.

Blu-ray ou cópia digital: qual é melhor para vídeos em 1080p? (Fonte da imagem: Reprodução/ArsTechnica)

Contraste de preto

Outro ponto em que o Blu-ray mostrou mais qualidade foi no contraste de cores escuras. Na imagem das nuvens, como mostrou o ArsTechnica, a cópia digital (que está representada pela imagem de cima) foi assolada por várias marcas bem visíveis.

Blu-ray ou cópia digital: qual é melhor para vídeos em 1080p? (Fonte da imagem: Reprodução/ArsTechnica)

Afinal, qual é o melhor?

Em vários pontos, há divergências entre os dois formatos. Mas é preciso lembrar que a cópia do iTunes possui apenas uma pequena fração do tamanho de uma versão em Blu-ray. Impossível negar que a Apple está se saindo bem nas suas tentativas de acabar com as mídias físicas, mas por enquanto os discos ainda conseguem uma pequena superioridade. A pergunta que deve ser feita é: até quando?



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!