Fundador do GNU afirma que computação em nuvem é uma armadilha

Para Richard Stallman, o cloud computing é apenas um mecanismo publicitário das empresas de tecnologia.
  • Visualizações22.127 visualizações
Por Fernando Daquino em 24 de Agosto de 2012

Fundador do GNU afirma que computação em nuvem é uma armadilha (Fonte da imagem: Reprodução/Stallman.org com créditos para Simon Whiteley)

Richard Stallman é considerado o pai do projeto GNU, o qual foi lançado em 1984 e que mais tarde originaria o Linux. Além de liderar as primeiras iniciativas com o objetivo de construir um sistema operacional que tivesse seu código aberto, o ícone do mundo do software livre ficou conhecido por suas opiniões radicais, como a hipótese de as patentes serem armas das empresas contra o consumidor e de que ele ficou contente com o fim da suposta influência maligna do cofundador da Apple após a sua morte.

Agora, o figurão afirma que a computação em nuvem (também chamada de cloud computing) não passa de uma armadilha das empresas de tecnologia. “Isso é estúpido. Isso é mais do que estúpido: é uma campanha publicitária”, comentou Stallman em entrevista para o jornal The Guardian.

Para o pioneiro dos softwares livres, a computação em nuvem é uma forma de forçar as pessoas a comprarem mais informações exclusivas e sistemas proprietários, os quais custarão cada vez mais. O homem de 55 anos ainda comentou que os usuários de computador deveriam se preocupar em manter a posse de suas informações, e não entregá-las a terceiros – que, no caso, seriam as empresas responsáveis pelos serviços online oferecidos na internet.

Na verdade, essa não é a primeira vez que Stallman critica esse tipo de tecnologia. Ainda em 2010, ele disse ao mesmo jornal que o ChromeOS (sistema operacional da Google que é baseado na computação em nuvem) significava a perda do controle sobre nossos dados pessoais.

Fonte: The Guardian



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!