As ações da Apple atingiram um valor histórico na tarde desta terça-feira (25). A empresa da Maçã atingiu um valor de mercado de US$ 700 bilhões, o maior já registrado por uma empresa em todos os tempos. Segundo os especialistas, o número se deve ao crescimento das vendas do iPhone, lançado há dois meses.

Durante o último trimestre, a empresa vendeu 39,3 milhões de unidades do seu smartphone. Com isso, ela espera fechar o atual trimestre com uma faturamento variável entre US$ 63,5 bilhões e US$ 66,5 bilhões. Do início do ano até hoje, as ações da Apple subiram 48%. 

Vale ressaltar que nem mesmo com Steve Jobs no comando a companhia apresentou um valor de mercado tão alto quanto o conquistado na tarde de hoje. Uma ação da Apple vale hoje US$ 118. Ao longo do dia, o valor chegou a US$ 119,7, mas o número final recuou antes do encerramento do pregão.

Apesar do recorde obtido, vale uma ressalva: há 15 anos, a liderança desse mesmo ranking pertencia à Microsoft, que, na época, chegou a valer US$ 613 bilhões. Caso aquele valor fosse corrigido para a inflação atual, a companhia teria valor equivalente a US$ 874 bilhões. Porém, na prática, a empresa fundada por Bill Gates vale hoje US$ 393 bilhões, pouco mais do que a metade do valor da Apple.