Lightroom: preço abusivo para brasileiros (Fonte da imagem: Reprodução/Adobe)

A versão final do Adobe Lightroom 5 já está disponível para aquisição no site da companhia. O software profissional de fotografia foi disponibilizado hoje (10), mas com significantes diferenças de valores entre o site americano e o brasileiro, ambos exibidos em dólares.

Enquanto os americanos podem adquirir a versão completa do Lightroom por 149 dólares, os brasileiros precisam desembolsar 289 dólares (618 reais na cotação atual mais os custos do IVA) pelo mesmo produto, quase o dobro do preço.

A disparidade também é verificada no preço do upgrade: a atualização custa 79 dólares para os americanos e 155 dólares para os brasileiros. A única forma de compra em que os preços se equivalem é na aquisição do Creative Cloud, plano de assinatura dos produtos da empresa que custa 49 dólares mensais, tanto para quem mora aqui quanto lá.

Preços abusivos também na Austrália

O Brasil não é o único país que sofre com os preços abusivos cobrados pela Adobe. Na Austrália, o pacote Creative Suite custa 1,4 mil dólares mais caro do que nos Estados Unidos. O motivo da diferença? Ninguém sabe, e o próprio CEO da empresa se enrolou ao tentar explicar.