(Fonte da imagem: Divulgação/Microsoft)

As controvérsias relacionadas a resolução e taxa de quadros por segundos, que incitam guerras de discussões entre os fãs das marcas (Sony e Microsoft), podem ter seus dias contados após o lançamento do DirectX 12 no Xbox One. Na visão de Brad Wardell, CEO da Stardock (companhia de desenvolvimento de softwares), o DirectX 12 no Xbox One vai facilitar os desenvolvedores a rodarem os jogos em resoluções maiores e com mais detalhes.

“Uma forma de olhar para o Xbox One com o DirectX 11 é que ele tem 8 núcleos, dos quais apenas um funciona. Com o DX12, todos os 8 funcionarão”, sugeriu o executivo no Twitter.

A postagem gerou reação por parte de alguns usuários. Um deles argumentou contra o que Wardell disse, mas o CEO rebateu: “Me desculpe, mas você está completamente equivocado sobre essa questão. O Xbox One está devagar no overhead. O overhead não é o problema. O lance é que o Xbox One não está dividindo as tarefas de DirectX por todos os 8 núcleos”.

Perguntado sobre como o DirectX 12 pode beneficiar os jogos do Xbox One, Wardell foi enfático: “Acho que será mais fácil para os games rodarem numa resolução maior e com mais objetos na tela de uma só vez”, ponderou.

Parece que a chegada do DirectX 12 ao console da Microsoft será mais que bem-vinda.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: