O site Eurogamer e os especialistas da DigitalFoundry tiveram acesso antecipado ao aguardado Project Scorpio, futuro novo hardware da Microsoft para games. Várias novidades técnicas foram reveladas, tirando um pouco do "peso" das explicações mais lentas e pesadas e deixando uma eventual E3 2017 muito mais atrativa em termos de jogos e visual.

Para acalmar os ânimos dos mais apressados, a Eurogamer fez um pingue-pongue de perguntas e respostas rápidas a respeito das mais diversas áreas do Socrpio. Leve isso praticamente como um FAQ (Frequently Asked Questions, ou Questões Mais Frequentes) sobre o console.

É claro que várias questões ainda estão sem uma informação definitiva, e essas só devem ser sanadas em junho. Porém, já é mais do que suficiente para começar a se empolgar.

1) Nome, preço e data de lançamento

"Ou não nos passaram essa informação, ou não podemos revelar. Essa revelação foi só técnica. Acreditamos que isso está sendo guardado para a E3, mas já há muita coisa boa agora, garantimos. (...) Em custo, a Microsoft não nos disse absolutamente nada. Mas, olhando o que está dentro dele, não vai ser barato. Nosso chute, e é só isso, é de US$ 499, mesmo preço de lançamento original do Xbox One".

2) O que já sabemos

"A Microsoft nos deu as especificações técnicas completas da máquina. O CPU tem 8 cores personalizados x86 com clock a 2,3 GHz. A GPU tem 40 unidades a 1.172 MHz (uma alta velocidade para um console) e atinge a promessa da Microsoft dos 6 teraflops. Há 12 GB de Memória RAM GDDR5 com banda de memória de 326 GB/s. O disco rígido de 2,5" tem 1 TB e há um drive UHD para Blu-ray. Como o Xbox One S, há uma unidade de força inegrada, então não precisa de uma fonte externa. Em termos de conectividade, ele é igual ao Xbox One S, então nada de cabo do Kinect, mas há o HDMI".

Tudo isso significa um processamento 30% mais rápido que o Xbox One, com uma GPU 4,6 vezes mais poderosa.

"Há muito mais memória para ser utilizada pelo console, o que significa maior velocidade e qualidade em streaming de gráficos — algo essencial para o 4K no qual a Microsoft está focada".

3) Comparação com o PS4 Pro

"A máquina da Sony é bem hábil e produz grandes resultados nas mãos certas — e essa qualidade final depende de quão bem o software roda, não só em números. Mas, em termos de números, o Scorpio tem o PS4 Pro na mão. Ele com certeza será mais caro também. É uma máquina de especificações maiores em todos os sentidos, do driver óptico até o novo formato UHD Blu-Ray. O nome "Premium" é bem utilizado pela Microsoft e deve ter consequências no preço".

4) Desempenho em games

O Eurogamer viu o Project Scorpio rodando uma demonstração ForzaTech, que é um teste de stress baseado na engine do Forza Motorsport 6 com um número absurdo de carros, condições climáticas e gráficos no máximo poder do console.

O resultado? "Detonou. Com as mesmas opções gráficas do Xbox One, a demo estava em resolução 4K completa, com 60 frames por segundo de forma perfeita. Para o Xbox One fazer isso a 1080p, seria necessário usar cerca de 90% do poder do console. O Scorpio só usou de 60% a 70% de seus recursos para rodar a demo. Os gráficos depois foram ampliados para as "ultra configurações" de um PC e ele também se manteve impecável". Isso significa maiores resoluções (e qualidade gráfica geral, incluindo taxa de quadros) com menor consumo de energia.

5) E quem não tem uma TV 4K?

Segundo o Eurogamer, todos os modos de melhoria do Scorpio serão disponibilizados independentemente do display. Em TVs 1080p (Full HD), portanto, será possível escolher entre opções de desempenho que façam o jogo rodar melhor ou configurações que simulem o 4K e façam a conversão para o Full HD. "É como ter a solução definitiva de antialising", diz o site.

6) Jogos retrocompatíveis também melhoram?

"Sim, com todas as vantagens. E vale a pena notar que nada disso foi fácil para a Microsoft em engenharia. Há um compromisso incrível em fazer o máximo de jogos do Xbox rodar no Scorpio de uma forma que você nunca viu antes".

Em resumo

"O Scorpio vai rodar absolutamente todos os jogos de Xbox One melhor, tenham eles os modos de melhoria em 4K para o console ou não. Melhor do que rodar em um emulador de Xbox One, eles funcionam com todo o poder do Scorpio desbloqueado. Na maioria dos casos, isso deve significar: taxa de quadros mais estável que atingem o alvo mais frequentemente, nada de screen tearing (aquelas linhas que rasgam ou cortam a tela), maior resolução possível sempre, texturas visualmente bonitas e tempos mais rápidos de carregamento graças ao disco rígido aprimorado e os 3 GB de RAM de reserva".

Cupons de desconto TecMundo: