(Fonte da imagem: Reprodução/Windows Store)

Nesta semana, a Microsoft iniciou um processo para permitir que os usuários de Windows Phone acessem certos sites como aplicativos em seus aparelhos. Porém, alguns deles foram removidos pelo fato de as empresas responsáveis por eles não saberem da manobra.

De acordo com o site The Verge, os aplicativos removidos foram Southwest, Cars.com e Atari Arcade. Não foi mencionado se eles serão reativados posteriormente, mas ao menos um deles deixou a relação por conta de uma reclamação da companhia responsável.

“Estamos em contato com a Microsoft, mas não demos a aprovação para fazer isso com o nosso conteúdo. Após perceberem que nossas discussões ainda estão no início, a empresa removeu o nosso conteúdo da loja”, explicou um representante da Southwest ao site Neowin.

Curiosamente, o Atari Arcade, que traz games clássicos da Atari para Internet Explorer, foi uma colaboração entre a produtora e a Microsoft. Não há informações sobre o motivo da remoção dele, bem como do Cars.com.

Atitude controversa

Para alguns desenvolvedores que trabalham com o Windows Phone, a ideia da Microsoft de transformar os sites em aplicativos viola uma das próprias políticas da empresa relacionada a apps que fazem mais do que apenas carregar uma página ou usam marcas sem permissão.

Alguns ainda dizem que essa tentativa da Microsoft passa a ideia de um plano para convencer desenvolvedores a produzir aplicativos voltados para os seus aparelhos.

Cupons de desconto TecMundo: