(Fonte da imagem: Reprodução/AppCampus)

Após o anúncio da parceria entre Microsoft e Nokia para o desenvolvimento de celulares com o sistema operacional Windows Phone 7, surgiu a dúvida em relação ao suporte de aplicativos para os futuros aparelhos, que chegam em um mercado dominado por iPhones e celulares Android. Pensando nisso, a empresa americana e a finlandesa resolveram investir pesado em um centro de desenvolvimento de aplicativos na Finlândia, na esperança de atrair desenvolvedores para o Windows Phone.

A Microsoft divulgou um comunicado informando que, em parceria com a Nokia, investirá 18 milhões de euros (aproximadamente 43,4 milhões de reais) na universidade de Aalto, na Finlândia. Esse investimento visa a abertura do programa AppCampus, que buscará inovar e criar novos aplicativos para o  Windows Phone 7 e, surpreendentemente, para o outro sistema operacional da Nokia, o Symbian. O programa deve abrir portas para desenvolvedores de todo o mundo, e tem início previsto para o próximo mês de maio, conforme o anúncio e seu site oficial.