Gráfico comparativo de vendas entre Windows 7 e Windows 8 em seus primeiros meses (Fonte da imagem: Reprodução/The Next Web)

Depois de 15 meses após o lançamento do Windows 8, a Microsoft revelou que mais de 200 milhões de licenças do sistema operacional já foram vendidas. O anúncio foi realizado nesta quinta-feira (13) pela vice-presidente de marketing da companhia Tami Reller durante uma conferência de tecnologia.

Apesar de comemorar o resultado, o desempenho de vendas do Windows 8 é menor que o de seu antecessor. No caso, o Windows 7 conseguiu vender 300 milhões ao todo nos seus primeiros 15 meses, tendo alcançado 240 milhões de cópias apenas em seu primeiro ano no mercado.

Não é possível relatar exatamente quando o sistema operacional da companhia viu o seu declínio de vendas, uma vez que a Microsoft não revelou nenhuma marca desde que o Windows 8 atingiu 100 milhões de licenças, seis meses após seu lançamento. No entanto, é possível tentar imaginar algumas das possíveis causas, como o fato de que 2013 foi o ano com a maior queda na venda de novos PCs.

Apesar de essa não ser uma boa marca para a Microsoft, a companhia continua trabalhando em atualizações do sistema operacional (como o primeiro update do Windows 8.1, previsto para ser lançado em breve). Enquanto isso, a empresa deve revelar seus próximos planos na área em sua conferência Build, prevista para ser realizada entre os dias 2 e 4 de abril na cidade de San Francisco.

Cupons de desconto TecMundo: