Não, Microsoft, esse não é o Windows 8. (Fonte da imagem: Baixaki Jogos)

Um grupo de hackers decidiu vasculhar os códigos existentes na Release Preview do Windows 8 e descobriu uma linha um tanto quanto sugestiva escondida em meio às infinitas letras e números existentes. Com um olhar além do alcance, eles encontraram o código hexadecimal 0xB16B00B5, que, com um pouco de esforço, pode ser lido como “Big Boobs” — dispensando qualquer tradução.

É claro que a Microsoft logo foi avisada da “gafe” e liberou um pedido de desculpas pelo conteúdo ofensivo, além de um comunicado avisando que iria liberar um patch para substituir a "linha erótica" por outra mais genérica.

Porém, a história não para por aí. Como tudo na internet, o fato logo deu início a brigas, principalmente entre os defensores de diferentes sistemas operacionais. Como a descoberta dos “grandes seios” foi feita quando tentavam rodar o Windows 8 em uma máquina virtual do Linux, a comunidade do software livre não economizou piadas sobre a situação.

Em seu site oficial, Matthew Garrett, um desenvolvedor especializado em sistemas Linux, afirmou que essa não é a primeira vez que a Microsoft faz menções a seios em seus códigos, já que a primeira versão do Windows tinha a linha 0x0B00B135 — ou “Boobies”.

Mais do que isso, ele afirmou que esse tipo de “piada” deixa clara a visão sexista da companhia e que isso contribui para que a imagem de que o desenvolvimento de software é algo apenas para homens, sem espaço para que as mulheres também trabalhem no ramo.

Fonte: BBC, Matthew Garret

Cupons de desconto TecMundo: