A mensagem de atualização do Windows 10, uma manobra para convencer os usuários de que está na hora do upgrade, tem atrapalhado a vida de várias pessoas que acham que ainda não é hora de baixar e iniciar a instalação do sistema operacional. Até mesmo uma apresentadora da previsão do tempo foi interrompida durante a transmissão para ser avisada sobre a nova versão do SO. Porém, parece que a Microsoft tem uma tática ainda mais “ardilosa” para forçar a atualização de sistema no computador dos usuários.

Geralmente, ao receber a mensagem abaixo, o usuário que não quer atualizar o computador ou quer deixar para fazer isso mais tarde simplesmente dispensa a janela abaixo clicando no “X” para fechá-la. Entretanto, fazer isso não garante que o update não vai acontecer, apenas confirma que ele será realizado no horário agendado pelo próprio sistema operacional. No caso do exemplo abaixo, ele acontecerá no domingo, dia 22 de maio, às 23 horas.

Nova mensagem de atualização do Windows 10 que propões um horário para a atualização

O que fazer?

Para que a atualização não aconteça ou para escolher outro horário mais apropriado para o update, é preciso clicar na mensagem destacada da imagem acima. A partir daí, será possível mudar o horário em que o Windows 10 será baixado e instalado ou desistir da atualização automática.

Isso só está acontecendo porque a Microsoft mudou prioridade de atualização do Windows 10 para “recomendado”

Segundo o site PC World, isso só está acontecendo porque a Microsoft mudou prioridade de atualização do Windows 10 para “recomendado”. Na versão do sistema operacional de fábrica, o Windows baixa e instala de forma automática todas as atualizações categorizadas dessa forma, o que justificaria essa tática adotada pela distribuidora do software. Além disso, a proximidade do fim do prazo em que a atualização do SO será gratuita está se aproximando, o que também ajudaria a explicar a manobra da Microsoft.

"Windows 10: uma oferta que você não pode recusar"

O que a Microsoft diz

Em resposta enviada ao site Olhar Digital, a dona do Windows 10 resolveu se posicionar diante da polêmica. A declaração abaixo é uma tradução livre do texto, que foi originalmente escrito em inglês:

"Conforme informamos em outubro, a Microsoft vem ajudando clientes que receberam a atualização do Windows 10 como "opcional" (e agora "recomendada") a agendar suas atualizações. Uma vez que a atualização de um cliente é agendada, eles receberão uma notificação que indica a hora para a qual seu upgrade está agendado, com opções para remarcar ou cancelar se eles quiserem.

Com base no retorno de clientes, também acrescentamos outra notificação que confirma o horário da atualização agendada e dá ao cliente uma oportunidade adicional de cancelar ou remarcar seu upgrade. Se o cliente desejar continuar com a atualização na hora marcada, eles podem clicar em 'OK' ou fechar a janela sem precisar de nenhuma outra ação".

.....

E você, o que acha dessa tática da Microsoft para forçar a atualização do Windows 10 no computador dos usuários? Você caiu nesse truque? Ou instalou o sistema operacional por vontade própria? Compartilhe sua opinião com a gente no campo dos comentários!

Cupons de desconto TecMundo: