De acordo com um levantamento feito pelo Avast, 73% dos internautas brasileiros estão correndo risco de terem suas informações sigilosas roubadas. Isso acontece porque essa parcela da população não estaria muito preocupada com os riscos oferecidos por redes WiFi públicas e sem senhas.

O levantamento consultou 23 mil brasileiros e ainda descobriu que 55% deles nunca ou só às vezes desligam o WiFi dos seus smartphones ou tablets quando não estão utilizando. Eles também normalmente permitem que seus aparelhos se conectem a redes públicas automaticamente, o que aumenta significativamente o rico de ter informações roubadas por hackers.

Segundo a pesquisa, apenas 7% dos brasileiros usam VPN (rede virtual privada) para proteger seus dados em dispositivos móveis enquanto estão conectados a redes públicas sem segurança. Cerca de 80% dos pesquisados acessa WiFis públicos pelo menos uma vez por mês, e 48% fazem isso diariamente ou várias vezes por semana.

Preocupação?

Isso, entretanto, não quer dizer que essas pessoas ignorem completamente os riscos oferecidos por redes públicas desprotegidas. Cerca de 28% dos pesquisados se preocupam com a possibilidade de ter senhas e logins roubados, 17% se preocupam em ter fotos privadas, conteúdo de mensagens e emails espionados. Ainda, 26% se preocupam em ter dados financeiros roubados e 13% temem ter informações relacionadas ao trabalho vazadas nessas situações.

Tendo isso em vista, o ideal seria não acessar redes WiFi públicas desprotegidas ou com pouca segurança. Aquelas que pedem para você se cadastrar e digitar uma senha depois de já estar conectado normalmente oferecem menos ricos.

Cupons de desconto TecMundo: