(Fonte da imagem: Reprodução/Perfil de Sadao Turner no Twitter)

Há alguns dias, publicamos uma notícia contando que o Comitê Olímpico Internacional estava pedindo para que as pessoas maneirassem na utilização da internet móvel, pois o alto fluxo de dados estava atrapalhando o andamento dos Jogos Olímpicos. Como poucas pessoas atenderam aos pedidos do COI, um “Exterminador de Wi-Fi” começou a trabalhar em Londres.

Trata-se de um equipamento que utiliza uma antena poderosa para identificar a origem de sinal wireless e também bloquear o acesso dos aparelhos que estiverem por perto. Com isso, qualquer hotspot pode ser fechado. O COI explica que faz isso por um motivo muito importante: as redes Wi-Fi estão atrapalhando os eventos.

Com a emissão de sinal, alguns satélites estão ficando sobrecarregados e as emissoras de televisão não conseguem ter acesso aos dados dos atletas em tempo real, principalmente em eventos em locais abertos. Além disso, microfones, câmeras e cronômetros também funcionam por redes sem fio e a interferência de redes independentes pode causar problemas sérios.

Fonte: Gizmodo e Perfil de Sadao Turner no Twitter

Cupons de desconto TecMundo: