Se o assunto é luta, Street Fighter IV é soberano, principalmente no PC!

Quando se fala em jogos de luta, um nome surge de imediato na cabeça até mesmo dos que não gostam de video games: Street Fighter. A série criada pela Capcom tem muita história, praticamente fundou os conceitos do gênero e evoluiu sua jogabilidade com cada edição lançada.

Agora, no quarto episódio da saga principal, finalmente a empresa dá o salto do universo dos desenhos e da animação quadro a quadro para a animação computadorizada, com polígonos e efeitos gerados por meio de códigos.

O lançamento foi realizado primeiro no Xbox 360 e no PlayStation 3, com a versão de PC saindo um pouco depois. A verdade é que os computadores não tem tradição com a modalidade e nem uma interface adequada para os jogadores (quem é que consegue jogar pelos teclados?), mas com um bom controle, ele é capaz de superar todas as outras versões, confira!

No fim das contas, Street Fighter IV é um jogo que faz quase tudo certo. É difícil arranjar uma falha no título. Podemos reclamar das cenas nas quais os personagens se atravessam, da dificuldade quase apelativa de Seth (que requer um bom treino até nos níveis de dificuldade mais baixos), da falta das brincadeiras com quebra de veículos e outras coisas, mas elas são claramente coisas pequenas.

É magnífico observar o trabalho da Capcom com a franquia, partindo com sucesso dos visuais bidimensionais para a geração dos polígonos, shaders e texturas detalhadas, mas mesmo assim mantendo todo o espírito de Street Fighter II e III. Tudo fica ainda melhor no PC, desde que este seja capaz de exibir imagens filtradas e de alta resolução.

De todos os jogos de luta lançados durante esta geração, Street Fighter IV é sem dúvidas o melhor. Se você é fã de pancadaria, arranje um controle com bons direcionais (diga não ao teclado!) e saia distribuindo Hadokens por todos os lados!