Imagem de Pokémon X/Y
Imagem de Pokémon X/Y

Pokémon X/Y

Nota do Voxel
87

Será difícil ter uma melhor chance de se tornar um mestre Pokémon [vídeo]

Videoanálise


A série Pokémon é tão famosa que dispensa apresentações, sendo uma das franquias de maior sucesso no mundo dos games e com uma enorme quantidade de títulos lançados no mercado.

Desconsiderando seus spin-offs, entretanto, a série sempre se dividiu em duas propostas principais. Nos portáteis, tínhamos a aventura original, em que você controlava um garoto (ou uma garota) com o objetivo de se tornar um mestre Pokémon, se aventurando pelos campos de um continente cheio de monstrinhos para capturar.

Já nos consoles, a proposta era um pouco diferente, pois, no lugar de um mundo inteiro a explorar, os títulos se limitavam às batalhas Pokémon. Mesmo tendo muito menos a fazer nesses games, eles atraíam qualquer fã da franquia por um simples fator: a oportunidade de ver as criaturas em três dimensões, com mais detalhes do que jamais havíamos visto nos sprites em 2D das versões de Game Boy, Color, Advance ou Nintendo DS.

Img_normal

Desde então, todo o fã de Pokémon sempre quis ver a combinação perfeita entre as duas propostas – um game com a exploração dos portáteis, mas os gráficos incríveis dos consoles. Infelizmente, tivemos que esperar muitos anos para que isso se tornasse verdade, mas finalmente temos essa união dos sonhos com Pokémon X e Y.

Será, porém, que os novos títulos para 3DS são capazes de cumprir as exigências e expectativas resultantes de mais de uma década de espera dos gamers? Confira nossa análise para descobrir.

Pokémon X/Y impressiona com facilidade qualquer fã, embora não o faça sem seus deslizes: explorar o cenário realmente não é a melhor das experiências até você se acostumar com os problemas nos controles e na câmera.

Mas o que vale é que tudo o que há de mais importante – as batalhas, a exploração de cenários, o desafio de encontrar e capturar pokémons, entre outros – está ali, apresentado com uma qualidade nunca antes vista na série.

Img_normal

Então, no fim das contas, qual o grande problema em gastar duas ou três horas frustrantes aprendendo qual direcional usar em determinado momento ou ter pouco uso para o 3D quando o título que promete dezenas (ou até centenas) de horas de diversão? Pokémon X e Y definitivamente vale a pena, se provando o melhor game da franquia até o momento.

Este jogo foi adquirido pelo Baixaki Jogos para a realização desta análise.