A diversão na batida certa

O que vem à sua cabeça quando falamos de jogos de ritmo e ação? Provavelmente, algum título de dança, como a série Dance Dance Revolution. Já os jogadores mais novos devem se lembrar da franquia Guitar Hero, que conquistou o mundo com sua fórmula divertida e cativante.

Há quem diga, erroneamente, que os jogos de ritmo e dança se limitam a estes dois tipos de game: dança e simuladores de banda. Mas, felizmente, o gênero se estende muito além. E, incrivelmente, temos muitos títulos com propostas que superam facilmente os grandes sucessos de venda do gênero.

Incrivelmente, boa parte dos títulos de ritmo que espantam por sua proposta inovadora surge nos consoles de bolso. Quer alguns exemplos? No Nintendo DS temos várias opções para quem é fã de uma jogabilidade baseada no ritmo da música, como Elite Beat Agents e Rhythm Heaven. O PSP também oferece diversos jogos do estilo, como DJ Max e até mesmo Rock Band.

Entretanto, o nome mais impactante quando o assunto é ritmo no PSP vem de uma criação da própria Sony. Estamos falando de nada menos que Patapon, um título desenvolvido pela divisão nipônica da Sony e que simplesmente deu novos significados aos botões da face do portátil. Esqueça o tradicional “quadrado” e “círculo” e seja bem-vindo ao mundo do “Pata” e do “Pon”.

Lançado em 2007, o simpático game exclusivo para PSP colocava o jogador na pele de uma espécie de ser divino que tinha como objetivo cuidar do exército dos Patapons. Mas, em vez da ação tradicional, o jogador fazia tudo usando o poder da música, graças aos tambores sagrados que guiavam todo o grupo dependendo de como eram tocados.

Sendo assim, tínhamos uma mistura de ritmo e ação que realmente deu certo, principalmente pelo fato de trazer bastante estratégia para um gênero que, normalmente, oferece propostas não muito profundas. O resultado? Um verdadeiro sucesso, tanto nas vendas quanto na crítica.

Logo, os usuários recebem uma sequência, intitulada Patapon 2. A grande novidade desta versão era o multiplayer via ad-hoc, que permitia uma jogabilidade ainda mais intensa ao lado das carismáticas figuras do game. O segundo título chegou às lojas em 2009 e também cativou o público, fortalecendo de uma vez por todas a franquia.

Agora, a terceira versão chega à nossas mãos. Novamente, temos toda a essência do título preservada, mas com aprimoramentos que, certamente, eram muito aguardados pelos fãs. Um multiplayer muito mais robusto, com suporte online, e uma nova abordagem na campanha são apenas alguns dos motivos para você entrar nesta dança. E vamos em frente — Pata, Pata, Pata, Pon!

Patapon 3 acerta corretamente a batida da diversão com sua fórmula tradicional que vem acompanhada de vários aprimoramentos. Além do esquema viciante já conhecido pelos fãs, o game também oferece um multiplayer muito mais robusto, com opções online e várias alternativas para desfrutar ao lado dos amigos.

Tudo isso ao lado de uma campanha que pode durar, facilmente, 40 horas para ser completada. E, depois de terminá-la, você ainda terá a oportunidade de investir em seus demais guerreiros para conferir o resultado.

Patapon 3 é um show, tanto nos visuais quanto no áudio, se tornando facilmente um dos jogos mais viciantes que conferimos no PSP. Não deixe de conferir!