Imagem de DNF Duel
Imagem de DNF Duel

DNF Duel

Nota do Voxel
90

DNF Duel tem pancadaria de qualidade com muita diversão

Vivemos uma era interessantíssima de jogos de luta. Se você gosta do gênero, assim como eu, é bom sentar na cadeira e apreciar mais um game de qualidade que acaba de surgir no mercado. Depois dos sucessos de Guilty Gear e Blazblue, a Arc System Works trouxe ao mercado DNF Duel. Vale destacar também que o jogo foi feito em parceria com a 8ing, que trabalhou em Marvel vs Capcom 3.

Podemos dizer que seu hype foi construído de forma perfeita pelos desenvolvedores. Desde os trailers de revelação de personagens, absolutamente lindos, assim como os betas, lançados em momentos corretos.  A nova franquia de fighting games chegou de surpresa e deixou a comunidade de jogos de luta de queixo caído com seu design belíssimo e gameplay frenético.

Ele está entre nós

A base criativa por trás de DNF Duel veio de um MMORPG de muito sucesso na Ásia, chamado Dungeon Fighter Online (DFO). O título foi desenvolvido e distribuído pela Neople e jogado por mais de 85 milhões de pessoas, desde 2005!

Para você ter uma ideia, este game possui inúmeras classes de personagens com jogabilidades únicas, no estilo de ação hack n' slash com elementos de RPG.

A 8ing e Arcsys transformaram essas classes para o jogo de luta de uma forma bem diferente do formato original. Independentemente disso, o trabalho de adaptação ficou simplesmente incrível.

A receita é excelente, mas será que o produto final entregou um jogo de luta realmente bom? Isso é o que vamos conferir nesta análise.

Pura arte

O trabalho artístico aliado aos gráficos ficou excelente, no melhor estilo anime fighter. Ele é muito semelhante ao jogos da Arcsys como Guilty Gear Xrd Rev2 e Blazblue.

O que chamou a atenção é que foi feito um excelente serviço no polimento, deixando tudo mais moderno e refinado, tanto nas cutscenes quanto nos efeitos de gameplay.

O jogo é cheio de movimentos especiais, cheios de explosões e luzes. A introdução ficou maravilhosa. Os Super Especiais, chamados de Awakening Skill, são incríveis e de grande duração, que lembra muito o Instant Kill, já consagrados na série Guilty Gear.

Música para os ouvidos

Quando falamos de efeitos sonoros, a Arc System Works tradicionalmente não comete erro, pois sempre foi um dos pontos fortes da empresa. Fiquem tranquilos, pois o trabalho de excelência foi mantido.

Os efeitos e músicas estão sensacionais, com muita guitarra e compondo de forma perfeita o ritmo dos combates. A única exceção à regra se encontra nas referências atuais.

Jogos que foram lançados recentemente, como Guilty Gear Strive e King of Fighters XV elevaram muito a barra neste quesito. E o problema nas músicas não é a qualidade, mas sim a quantidade.

Tanto KOF XV quanto GG Strive possuem Jukebox, que é uma espécie de player de música que os jogadores escolhem após desbloqueio dentre um número gigante de trilhas sonoras, cerca de 300.

É aí que o DNF Duel deixa a desejar. Existem poucas músicas de combate. Na galeria, você desbloqueia algumas, mas são trilhas sonoras mais lentas, orquestradas e que compõem o modo história do jogo.

Pancadaria e diversão

Quando falamos de jogos de luta, o ponto principal dele deve ser o gameplay. Vale destacar que DNF Duel possui um estilo único, extremamente divertido e que claramente bebe um pouco de outras fontes, como Guilty Gear, Granblue Fantasy: Versus e Marvel vs. Capcom 3.

A primeira coisa que notamos é o nível de poder dos lutadores. Ele é imenso! Qualquer personagem de DNF representa o que há de mais forte dentro do seu arquétipo. O Grappler, por exemplo, é um dos melhores de luta agarrada de todos os jogos.

A Launcher, uma das melhores zoners e assim sucessivamente. Os personagens são realmente muito fortes, ao ponto de dizer que todos são overpowered. É uma característica do jogo e que fez muitos jogadores se interessassem por ele.

Percebemos logo de cara que a movimentação é um pouco travada. Porém, isso se deve ao fato do enredo e equilíbrio entre as classes de lutadores. Algumas delas têm como característica uma movimentação mais intensa e, essas classes, possuem essa vantagem.

Já as classes que não possuem vantagem de movimentação têm outros artifícios para equilibrar uma luta, como danos e defesas mais altos, além de habilidades que concedem armadura, por exemplo.

No DNF, os personagens tem uma barra chamada MP, que também pode ser chamada de Mana. É daí que todos os golpes especiais são executados. Você começa a luta com 100 pontos de mana, podendo chegar até 200 ao sofrer dano.

Quanto maior a mana, mais especiais sucessivos o jogador poderá realizar, possibilitando combos cada vez mais fortes e incríveis. Essa é a famosa mecânica de comeback, já que quanto menos vida você tem, mais dano você tem capacidade de infligir.

Eu sinceramente gosto disso. Vale destacar também que ao utilizar todo sua mana, o lutador entrará em estado de exaustão, impossibilitando a realização de novos especiais. Existem duas formas de se fazer especiais neste jogo: uma técnica e outra simplificada, o que  ocorre no jogo Granblue Fantasy: Versus, também da Arcsys.

Na forma simplificada, o jogador aperta uma direção e o botão de especial, o que facilita a execução dos golpes para jogadores mais casuais. Já na forma técnica, você precisa realizar o movimento completo referente ao golpe mais o botão determinado.

A vantagem de utilizar a forma técnica é que o tempo de recarga dos especiais é menor, possibilitando usá-los mais vezes. A diferença não é grande, mas existe! E se tratando de um jogo de luta, pode ser o significante entre uma derrota ou uma vitória.

DNF tem um gameplay extremamente fluído e viciante, repleto de explosões e ação, que certamente agradará a grande maioria dos fãs de jogos de luta e também a novos jogadores.

Aliás, realizar um especial é muito satisfatório no jogo.Tudo parece ter sido desenvolvido em torno deles. Enfim, a jogabilidade de DNF Duel é certamente diferente, com um passo de luta distinto.

Quando sentamos para jogá-lo, encontramos muita diversão, o que pra mim é a principal razão de qualquer título.

Fator replay alto

DNF Duel conta com uma gama muito interessante de modos locais. É possível se divertir com free battle, story mode, arcade, survival, treino e tutorial. Com isso, podemos dizer que ele agrada quem gosta de uma jogatina mais tranquila e também quem pretende garantir boas horas de diversão.

Cada personagem tem a sua história, com diálogos únicos e fotografias exclusivas. Me surpreendeu muito a questão de cada classe ter um modo história diferente. O lado ruim é que infelizmente não temos legendas em Português, algo muito importante atualmente.

O modo não conta com animações elaboradas, praticamente tudo feito por imagens estáticas, mas sem dúvida ficou bem legal. Além da qualidade, temos um incentivo extra para jogar a história, já que um dos personagens só pode ser desbloqueado após jogá-lo.

Outro modo interessante é o Survival. Nele o jogador enfrenta uma sequência de oponentes com apenas uma barra de vida. A grande diferença é que aqui ocorre uma mescla de alguns elementos de RPG. Ao final de cada batalha, você pode comprar upgrades para seu personagem para fazê-lo mais poderoso e conseguir resistir até o fim.

Vale destacar que temos diferentes percursos e um deles é contra 100 oponentes! Mas não se preocupe, pois podemos salvar o progresso para jogarmos depois.

DNF conta também com um modo de treino muito completo. Desde a possibilidade de treinamento livre, até a criação de todo tipo de situação de jogo, como contra-ataque, wake-up, combos, gravação de movimentos, testar dano de golpes e personagens.

O tutorial é uma grande referência para o futuro dos jogos de luta. Na minha opinião é um dos melhores que já vi. Nele, o jogador tem uma visão geral de cada personagem, assim como característica de gameplay e individual de cada um.

Este modo ensina o jogador desde a mais básica até situações mais avançadas de jogo. Temos também a presença dos trials de combo, onde aprendemos alguns básicos e outros mais avançados

Multiplayer

E o que dizer do modo online? Não podemos atribuir outra palavra para ele que não seja espetacular. O matchmaking é praticamente perfeito, onde achamos partidas com pouquíssimo tempo de espera.

O jogo possui o melhor rollback netcode que já tive a oportunidade de experimentar. Neste quesito, DNF sobe ao posto de melhor experiência online em games de luta tranquilamente.

Uma pena o jogo não contar com crossplay, o que considero um ponto negativo, pois é de suma importância para a longevidade de qualquer jogo no estilo. Torço muito para que os desenvolvedores adicionem essa funcionalidade em um futuro próximo.

Temos também o modo de criação de salas, muito semelhante ao que tínhamos no Guilty Gear Xrd. Nele podemos chamar os amigos livremente ou também entrarmos nas salas de outros jogadores. Tudo perfeitamente funcional com interface em moldes cartunescos e com função espectador.

Temos também o menu coleção. Aqui encontramos desde personalização de perfil e avatar do jogador até a reprodução de replays, tanto de partidas locais, quanto online. Contamos também com a galeria do jogo.

Nela podemos usar o dinheiro conquistado nas partidas para comprar fotografias do mundo de DFO e DNF, músicas e alguns vídeos. Existe também o glossário, onde temos a explicação em texto de várias coisas sobre o Universo DFO.

Vale a pena?

Estamos vivendo uma época gloriosa para amantes dos jogos de luta, com grandes títulos lançados em um curto período. DNF Duel é certamente um desses grandes jogos.

Gráficos e design lindíssimos no melhor estilo anime fighter, com músicas matadoras para quem curte rock n' roll e muita guitarra. Uma gama repleta de modos locais, com destaque para os modos história, survival e tutorial

Possui um modo online literalmente incrível, com matchmaking e netcode praticamente perfeitos. DNF Duel entrega com excelência praticamente tudo aquilo que se propôs: pancadaria de qualidade com muita diversão.

Espero que ele receba o suporte merecido, tanto por DLCs, como por patches de correção e balanceamento, pois DFO possui inúmeros personagens e cenários ainda não inclusos em DNF.

DNF Duel foi cedido gentilmente pela Arc System Works para a realização desta análise.

Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.
Pontos Positivos
  • Gráficos incríveis e efeitos visuais bem-feitos
  • Gameplay bem-feito e divertido
  • Netcode e matchmaking funcionam bem
  • Músicas eletrizantes
Pontos Negativos
  • Ausência de crossplay
  • Poucas músicas de combate para os padrões atuais
  • Galeria com pouca relevância
  • Sem legenda e áudio em português