Nintendo revela plano para proteger games em caso de desastres

2 min de leitura
Imagem de: Nintendo revela plano para proteger games em caso de desastres
Imagem: Nintendo

A Nintendo tem um plano para manter seus funcionários em segurança e garantir a continuidade de seus projetos caso terremotos ou pandemias atinjam sua base em Kyoto, no Japão. A informação foi revelada pela própria empresa durante a recente 82ª Reunião Geral Anual com acionistas, que aconteceu no final de junho deste ano.

Segundo o Video Games Chronicle, a Big N teria sido questionada sobre seu plano em caso de desastres de grande escala impactarem a sede da empresa. A pergunta é mais do importante: afinal, segundo o Ministério da Terra japonês, ainda que cubra apenas 0,25% da superfície do planeta, cerca de 18,5% de todos os terremotos do mundo acontecem no Japão.

Foi então que Shuntaro Furukawa, atual Presidente da Nintendo, revelou o Plano de Continuidade de Negócios da Nintendo. A resposta do executivo trouxe alguns detalhes sobre o que deve acontecer caso uma nova pandemia ou outro terremoto afetem a sede da empresa.

Shintaro Furukawa, o atual Presidente da Nintendo, detalhou planos da empresa em caso de desastresShintaro Furukawa, o atual Presidente da Nintendo, detalhou planos da empresa em caso de desastresFonte:  Twitter/Reprodução 

"Mesmo se a continuidade dos nossos negócios seja impedida por um desastre natural, como um terremoto, ou por alguma doença infecciosa perigosa que seja altamente contagiosa e possa causar uma condição médica séria, temos um plano de resposta documentado e implementamos várias medidas proativas para que possamos restaurar as operações o mais rápido possível", disse Furukawa.

A preocupação é mais do que justificada já que, apenas nos últimos meses, a sede em Kyoto sofreu com terremotos de 4.4 e 4.3 na escala de magnitude. Por isso, de acordo com o Presidente da Big N, um comitê liderado por ele mesmo entra em ação em caso ocorrência de desastre, visando "confirmar a segurança de nossos empregados, proteger a integridade das propriedades da companhia".

Ainda segunda Furukawa, a empresa também trabalha com backups regulares de dados para assegurar "informações críticas como dados de jogos atualmente em desenvolvimento". Assim, caso seja necessário, os times responsáveis podem "restaurar as informações o mais rápido possível".

Sede da Nintendo em Kyoto, JapãoSede da Nintendo em Kyoto, JapãoFonte:  Nintendo 

Os planos também envolvem os processos de fabricação de hardware, com a "redução do risco ao dispersar as operações entre vários subcontratados sempre que possível". A ideia, de acordo com o executivo, é "mitigar o impacto na fabricação e na aquisição de materiais caso as instalações de um parceiro de fabricação sejam impactadas".

Furukawa também falou um pouco sobre operações de negócios em nível individual, afirmando que a empresa também tem trabalhado para garantir uma "continuidade de negócios suave". Segundo ele, isto é alcançado ao "analisar constantemente nossas prioridades em caso de emergência e ao preparar planos de ações para cada departamento durante tempos normais".

"Nós também passamos por treinamentos de reposta a desastres quando necessário", disse Furukawa. "Vamos continuar a prestar bastante atenção para prover o melhor Plano de Continuidade possível de acordo com o desenvolvimento de nossos negócios", concluiu.

Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.