One Piece Odyssey: RPG ganha detalhes do combate e exploração; confira

1 min de leitura
Imagem de: One Piece Odyssey: RPG ganha detalhes do combate e exploração; confira
Imagem: Bandai Namco

One Piece Odyssey é o próximo grande game de um dos animes mais populares do mundo, e possivelmente o primeiro JRPG propriamente dito para a franquia. A Bandai Namco divulgou um novo vídeo de diário de desenvolvimento detalhando as mecânicas do jogo, o que inclui seu combate por turnos!

O vídeo é um tanto longo e inclui um aprofundamento em informações já divulgadas. Os devs do game comentam sobre a participação de Eiichiro Oda, o criador de One Piece, que fez o conceito para dois novos personagens, além do design de alguns novos monstros que os jogadores encontrarão no mapa.

Os devs da ILCA comentam também sobre os sistemas de exploração e combate do jogo. O objetivo principal de One Piece Odyssey é dar aos jogadores a sensação de jogar com toda a tripulação dos Piratas do Chapéu de Palha. Esse é um dos principais motivos para o combate por turnos.

Katsuaki Tsuzuki, produtor chefe do jogo, explica que esse formato do combate permite ao jogador sentir que está aproveitando as habilidades de todos os heróis icônicos da série. Além disso, introduz novas mecânicas exclusivas para este título, como o sistema de Scramble Area Battle, que separa a arena de batalha em áreas distintas, ou as Dramatic Scenes, lutas especiais em que uma condição aleatória pode acontecer para aumentar o desafio contra o jogador.

Um exemplo de Dramatic Scene seria o Sanji não podendo lutar direito porque está cercado de mulheres, como é citado no vídeo.

Também é mostrada a exploração de ruínas e dungeons, em que o jogador pode alternar entre os personagens para usar suas habilidades únicas e alcançar novas áreas e resolver puzzles.

One Piece Odyssey tem lançamento previsto para PlayStation, Xbox e PC, sem uma janela ainda para sua estreia.

Categorias

Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.