Quebec, no Canadá, passa polêmica lei sobre linguagem em games

1 min de leitura
Imagem de: Quebec, no Canadá, passa polêmica lei sobre linguagem em games
Imagem: Reprodução / Wikipedia

O Canadá é um país com muitos habitantes fluentes tanto em inglês como em francês, e a cidade de Quebec passou recentemente uma lei bastante controversa que pode causar sérios impactos nos videogames por lá. Entenda a questão a seguir!

De acordo com a Bill 96 (algo como "lei 96"), é preciso fortalecer o idioma francês e as leis que o protegem e, com isso, a língua passaria a ser a principal em absolutamente todas as áreas da sociedade, o que envolve não só os videogames como também o mundo empresarial e políticas públicas como saúde e educação.

A pegadinha aqui é que isso vai impactar diretamente várias desenvolvedoras que operam diretamente de Quebec, como a Eidos Montreal, Gameloft, Ubisoft, Warner Bros. Games e Behaviour, somando mais de 11.000 empregados de acordo com o site Eurogamer.

Relatos de fontes anônimas apuradas pela Eurogamer e CBC já alegam que vários empregados estão atualmente pensando em abandonar Quebec graças a nova lei, já que inglês costuma ser a língua padrão da maioria esmagadora dos videogames, sendo muito oneroso ter que aprender francês do zero.

Outros afirmam que a lei pode acabar passando a mensagem errada e dando a entender que a cidade não é acolhedora com estrangeiros e trabalhadores de fora, então é certo que ela ainda vai render muita polêmica e discussões nos próximos meses.


Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.