Dragon Ball: do pior ao melhor, segundo a crítica

5 min de leitura
Imagem de: Dragon Ball: do pior ao melhor, segundo a crítica
Imagem: Divulgação / Bandai Namco

Hoje vamos conhecer os melhores e piores jogos de Dragon Ball! Embora o mercado de animes e mangás siga crescendo no Brasil, com cada vez mais otakus rodando por aí, é muito difícil falar no tema e não lembrar da franquia. Desde as suas primeiras exibições na televisão e revistinhas chegando nas bancas até hoje, as aventuras de Goku e seus amigos marcam época e fazem mais pessoas se apaixonarem pela obra de Akira Toriyama.

Seja pelo emblemático design de personagens, o hilário senso de humor ou as batalhas de tirar o fôlego, Dragon Ball é um fenômeno da cultura pop e, como tal, naturalmente acabou inspirando uma penca de jogos através das gerações! Neste Do Pior ao Melhor, vamos ver quais foram os cinco piores e cinco melhores games inspirados na série de acordo com o Metacritic. Confira a lista a seguir!

Os 5 piores jogos oficiais de Dragon Ball

Dragon Ball Z for Kinect - Nota 49 (Xbox 360)

No papel, a ideia de usar os controles de movimento que estavam tão em alta lá em 2012 para mergulhar no universo de Dragon Ball não era das piores. Mas curiosamente esse foi um dos poucos games da série que sequer chegou a ser lançado no Japão! O problema aqui é que tudo era simplesmente tedioso ao máximo, e a crítica ainda puniu a câmera mal implementada do Kinect. É um game que deveria fazer você se sentir como o Goku ou Vegeta, mas na prática te colocava na pele do Sr. Satan...

Dragon Ball Z Infinite World - Nota 48 - (PlayStation 2)

Como tantos outros títulos que veremos por aqui, Infinite World é um jogo de luta de Dragon Ball. Mas a fartura de lançamentos do gênero de cara já empurrou a crítica especializada para uma certa má vontade com a desenvolvedora Dimps, apontando que ele não trazia tantas inovações ou atrativos, parecendo mais como oportunismo barato tentando capitalizar em cima do sucesso do ótimo Budokai 3. Sua nota ficou em apenas 48.

Dragon Ball Z: Taiketsu - Nota 40 (Game Boy Advance)

Pense em um jogo lento, devagar, quase parando... Pensou? Agora deixe ele 10x mais lento e você vai começar a chegar na velocidade de Taiketsu. Ser tão maçante mesmo trabalhando com personagens de Dragon Ball deveria ser crime em alguns países, mas como esse infelizmente não é o caso, Taiketsu foi lançado para o Game Boy Advance e sua única punição foi ficar apenas com nota 40 de média. Saiu barato!

Dragon Ball Evolution - Nota 28 (PSP)

Dragon Ball Evolution já tinha aparecido aqui na série do Pior ao Melhor quando listamos as maiores atrocidades que já apareceram no PSP, mas toda chance de bater nesse jogo vale a pena! Se você nunca viu o filme americano que dá nome ao jogo, faça um favor a você mesmo e continue na ignorância. Dos gráficos tenebrosos até a inteligência artificial capenga, a crítica ainda puniu o desbalanceamento grotesco desse que é um dos piores jogos da história, ficando com apenas nota 28.

Dragon Ball Z: Ultimate Battle 22 - Nota 25 (PS1)

Desafiando todos os limites, não é que conseguimos achar um jogo ainda pior que Evolution? Ultimate Battle 22 continua a série Super Butoden do Super Nintendo, mas apesar de estar no PlayStation 1, mais parece um jogo 16 bits! Além de também ser muito lento, o que vale também para os loadings surrealmente longos, a falta de um modo história ou de quaisquer modos de jogo significativos faziam o jogo já ser lançado datado. Uma vergonha que ainda conseguiu ficar com nota 25. Pelo menos agora a gente vai poder lavar a alma falando dos melhores games da série!

Os 5 melhores jogos oficiais de Dragon Ball

Dragon Ball Z Budokai 3 - Nota 77 (PS2)

Quando citamos Budokai 3 antes, tinha bons motivos para isso. Ainda bem que a crítica reconheceu o jogo e ele conseguiu entrar aqui com nota média 77, pois esse é um dos títulos mais queridos pelos fãs, e aqui sim a desenvolvedora Dimps mandou muito bem, ostentando drásticas melhorias de gameplay em relação aos capítulos anteriores! Os gráficos em cel-shading traziam ainda ótimos efeitos, e a construção de combos e counters era bastante profunda para a época.

Dragon Ball Xenoverse 2 - Nota 78 (PC, Stadia, Switch, PS4, Xbox One)

Apesar de ter uma fórmula um pouco repetitiva, Dragon Ball Xenoverse foi bem recebido o bastante em críticas e vendas a ponto de inspirar uma sequência maior, melhor e mais polida no geral. Com um pouco de aprofundamento nas suas mecânicas de luta e RPG, com direito a uma cidade hub central no melhor estilo MMO e lindos gráficos baseados no anime, o jogo conseguiu pegar nota média de 78.

Dragon Ball Z Kakarot - Nota 78 (PC, Stadia, Switch, PS4, Xbox One)

O fanservice máximo em forma de videogame! Da fantástica abertura ao som de Cha-La Head-Cha-la até as fases puxadas diretamente dos principais eventos do anime, esse game foi praticamente um sonho para quem estava cansado de jogos apenas de luta e queria uma aventura mais completa evocando o mesmo sentimento que a gente tinha assistindo ao anime. Quem pegou a nota mais alta foi a versão completona de Switch, somando 78 pontos.

Dragon Ball Origins - Nota 78 (DS)

Fechando a trinca de games com nota média de 78 temos Dragon Ball Origins, um título bem nostálgico e exclusivo do Nintendo DS! Para os críticos, o jogo conseguiu forçar bem o limitado hardware e trazer uma experiência bem completa, fazendo ainda ótimo uso da caneta Stylus. De certa forma, ele complementa bem o fanservice de Kakarot, já que a sua trama é focada nas primeiras sagas do mangá e anime, e não na fase Z.

Dragon Ball FighterZ - Nota 87 (PC, Switch, PS4, Xbox One)

Você provavelmente já imaginava que Dragon Ball FighterZ estaria no topo da lista, e isso diz muito sobre o quão bom esse game realmente é. Desde o seu anúncio até os primeiros testes, tanto o público como a crítica especializada se apaixonaram pelo visual impecável e ritmo alucinante das lutas, o mais perto que já chegamos do anime! Ou até melhor do que o anime, se nós tirarmos as lentes da nostalgia! FighterZ é um jogão de luta e absolutamente essencial tanto para os fãs do anime como para entusiasta do gênero, pegando a nota 87 de média.

E esses foram os cinco piores e cinco melhores jogos de Dragon Ball de acordo com o Metacritic! Será que você já conhecia todos esses games? Fique ligado aqui no site e no canal para conferir as próximas listas da nossa série Do Pior ao Melhor!