11 jogos do Homem-Aranha do Game Boy ao PS5

4 min de leitura
Imagem de: 11 jogos do Homem-Aranha do Game Boy ao PS5
Imagem: PlayStation/Divulgação

Uma das coisas mais legais sobre o Homem-Aranha é que, como bem disse o próprio e saudoso Stane Lee, qualquer pessoa poderia estar sob a máscara do herói. Embora isto não se aplique na prática, já que você e eu não podemos simplesmente sair grudando em paredes ou nos sacudindo entre prédios pendurados em teias, felizmente podemos encarnar o personagem de outra forma: nos video games.

Sendo um dos super-heróis mais populares do mundo, o aracnídeo da Marvel já recebeu uma porção de jogos, com o primeiro deles sendo lançado para o Atari 2600. De lá para cá, com o avanço da tecnologia, a experiência foi se tornando cada vez melhor, culminando na incrível dobradinha lançada para o PlayStation 4 (e também para o PS5).

Do Game Boy ao PS5, relembre estes jogos incríveis do Homem-Aranha

Para relembrar algumas das aventuras mais icônicas do teioso no mundo dos games, listamos 11 jogos do Homem-Aranha lançados para os video games.

Spider-Man and Venom: Maximum Carnage

Desenvolvido pela Software Creations, Maximum Carnage chegou ao Super Nintendo em 1994 trazendo uma trama que reunia o cabeça de teia e o anti-herói Venom contra a ameaça de Carnificina e vários outros vilões.

Alguns heróis da Marvel também fizeram uma ponta no beat 'em up, incluindo o Capitão América, a Gata Negra e o Punho de Ferro.

Spider-Man

No ano 2000, o teioso ganhou um de seus mais famosos games (principalmente entre a galera um pouco mais velha) com o lançamento de Spider-Man, para o primeiro PlayStation. O jogo, com gameplay em três dimensões, foi produzido originalmente pela Neversoft e distribuído pela Actvision, posteriormente ganhando ports para Dreamcast, Nintendo 64 e Windows, com uma versão para Game Boy Color produzida pelo estúdio Vicarious Visions.

Na trama, o Homem-Aranha precisa lidar com uma ameaça alienígena de simbiontes liderada por Carnificina e Dr. Octopus enquanto tenta limpar a própria imagem após ser acusado de um crime que não cometeu.+

Spider-Man: Mysterio's Menace

Lançado em 2001 para o Game Boy Advance, Spider-Man: Mysterio's Menace foi um beat 'em up produzido pela Vicarious Visions como uma continuação da sequência do jogo lançado no ano anterior. Ufa!

Na história Peter promete a Mary Jane que vai comprar um novo aquário, mas acaba precisando enfrentar diversos vilões como Cabeça de Martelo, Escorpião, Electro e Rhino, que estão sendo liderados pelo Mystério. Nem precisamos dizer como a história termina, não é mesmo?

Spider-Man: The Movie

Adaptando a história do primeiro filme do personagem, estrelado por Tobey Maguire, Spider-Man: The Movie foi lançado para PC, PlayStation 2, Xbox, GameCube e Game Boy Advance em 2002.

Como na maioria das adaptações do cinema para os games, o jogo é bastante diferente do material original, contando com vilões como Escorpião, Abutre e até mesmo Kraven, o Caçador.

Spider-Man: Friend or Foe

Apesar do visual ser claramente inspirado (para não dizer copiado) da primeira trilogia cinematográfica do herói, Friend or Foe é um beat 'em up que não adapta nenhuma trama específica vista nas telonas.

Ao lado de aliados como Gatuno, Gata Negra, Silver Sable e Punho de Ferro, o aracnídeo deve enfrentar vilões como Venom, Duende Verde e Dr. Octopus em diversas missões ao redor do mundo.

Spider-Man: Web of Shadows

Lançado em 2008, Web of Shadows chegou trazendo um tom um pouco mais sombrio aos jogos do cabeça de teia.

Em uma trama na qual as escolhas do personagens impactavam na narrativa, o alter ego de Peter Parker precisava combater uma invasão simbionte que ameaçava. Manhattan. A ilha, de certa maneira, funcionava como um mundo aberto que podia ser explorado quase que livremente pelos jogadores.

Spider-Man: Shattered Dimensions

Se você vibrou com Homem-Aranha: Sem Volta para o Lar e Homem-Aranha no Aranhaverso, este jogo é para você. Lançado em 2010, Shattered Dimensions reunia quatro versões diferentes do Homem-Aranha: clássico, Noir, 2099 e Ultimate. O jogo teve versões para PC, PS3, Xbox 360, Wii e Nintendo DS

.Cada versão do herói vinha de seu próprio universo distinto, e eles precisavam dar um jeito de consertar a bagunça multiversal criada quando o teioso quebrou um artefato mágico enquanto lutava contra o Mystério.

Spider-Man: Edge of Time

Um ano depois do lançamento de Shattered Dimensions, Edge of Time chegava às lojas. A sequência, porém, agradou bem menos que o título anterior: estrelada por apenas duas versões do personagem, o clássico e o 2099, a trama mostrava a dupla lutando para salvar ambas as realidades de uma nova e terrível ameaça.

O jogo foi lançado para PS3, Xbox 360, Wii, Nintendo DS e 3DS.

The Amazing Spider-Man

Inspirado na adaptação cinematográfica estrelada por Andrew Garfield, o jogo chegou em 2012 trazendo uma Manhattan que funcionava como mundo aberto, cheia de missões para concluir e colecionáveis para coletar.

Assim como no jogo que adaptou o filme do começo dos anos 2000, The Amazing Spider-Man trazia diversos elementos diferentes do material de fonte, funcionando quase como uma sequência do longa metragem.

Marvel's Spider-Man

Surgindo quase como uma aventura definitiva do Homem-Aranha nos video games, Marvel's Spider-Man foi lançado em 2018 exclusivamente para o PS4 (chegando posteriormente ao PS5 em uma versão remasterizada). O jogo contava a história de um Peter Parker já experiente, que vinha atuando como o carismático super-herói há oito anos.

Com gameplay de mundo aberto, o game permitia aos jogadores explorar a ilha de Manhattan combatendo o crime e percorrendo a cidade com o uso de teias (ou do metrô, quando usando o sistema de fast travel). O título foi muito bem recebido tanto pela crítica quanto pelo público, sendo um dos jogos mais populares do PlayStation atualmente.

Marvel's Spider-Man: Miles Morales

O spin-off de Marvel's Spider-Man chegou dois anos depois, em 2020, com versões para PS4 e PS5. Estrelado por Miles Morales, o popular protagonista do filme animado Homem-Aranha no Aranhaverso, o jogo dá sequência aos eventos vistos no título anterior.

Picado por uma aranha geneticamente aprimorada, Miles ganha poderes similares ao de Peter Parker, mas também recebe alguns dons diferentes e bastante poderosos, como a habilidade de ficar invisível e emitir rajadas de bio-eletricidade. Treinado por Peter, Miles passa a atuar como Homem-Aranha e precisa proteger a cidade enquanto seu mentor precisa deixar Nova York temporariamente.