Elden Ring: autor de Mistborn critica escolha de George Martin para o game

1 min de leitura
Imagem de: Elden Ring: autor de Mistborn critica escolha de George Martin para o game
Imagem: FromSoftware

Em um episódio de perguntas e respostas do podcast Intentionally Blank, o escritor Brandon Sanderson - conhecido por obras como a série Mistborn e os três livros finais de A Roda do Tempo - criticou a escolha da FromSoftware de chamar George Martin para a colaboração em Elden Ring. Confiram o vídeo abaixo:

Tudo começa quando um membro da plateia pergunta a Sanderson como rolou o crossover lançado em maio de 2021 entre Mistborn e Fortnite. E após uma explicação breve, o autor aproveitou para desabafar.

"Vou ser rancoroso aqui. A FromSoftware decide fazer um jogo de fantasia e fazer parceria com um romancista de fantasia, certo? E eles escolhem alguém que passa seus dias falando sobre a NFL, em vez da pessoa que jogou seus games desde King's Field, e listou seus títulos entre os 10 melhores de forma consistente ao longo dos anos? O que vocês estão pensando, gente? Se vocês não sabem, eles falaram com o George e fizeram um jogo com George, e eu fiquei tipo, George não joga videogame. George não sabe de nada. Então, de qualquer forma, é isso", afirmou Brandon.

Vale lembrar que Martin realmente já havia dito anteriormente que "games não são sua praia", porém ressaltou ter curtido títulos mais estratégicos como Railroad Tycoon, Romance of the Three Kingdoms e Master of Orion. Além disso, ao falar sobre seu trabalho auxiliando a criar o mundo de Elden Ring, o autor parecia bem satisfeito.

As afirmações de Sanderson podem ser apenas uma leve dor de cotovelo de um grande fã que gostaria muito de ter participado desse projeto, mas de qualquer forma, teremos esperar até 25 de fevereiro para descobrir os resultados da colaboração entre Hidetaka Miyazaki e o romancista das Crônicas de Gelo e Fogo.