PS5: retrocompatibilidade com PS1, PS2 e PS3 pode estar a caminho

1 min de leitura
Imagem de: PS5: retrocompatibilidade com PS1, PS2 e PS3 pode estar a caminho
Imagem: PlayStation
Avatar do autor

O console mais popular da nova geração pode até ter hardware extremamente potente e novos exclusivos incríveis, mas se tem algo que os jogadores sentem falta no PlayStation 5 é a retrocompatibilidade. A boa notícia é que de acordo com algumas patentes encontradas, este "problema" pode estar próximo de ser resolvido.

A informação foi compartilhada no Twitter pelo jornalista Shaun McIlroy, que encontrou patentes registradas pela Sony e que indicam a possibilidade de trazer jogos de PS1, PS2 e PS3 para os mais recentes consoles da fabricante japonesa.

Os documentos, registrados no dia 6 de janeiro deste ano, detalham todo o esquema necessário para fazer com que jogos mais antigos funcionem no hardware dos PlayStations mais recentes.



De maneira simplificada, a explicação para o funcionamento do sistema é a seguinte: títulos mais velhos, criados desde o princípio para funcionarem em equipamentos mais fracos, passam a rodar no PS5 e no PS4 por meio de uma adaptação de clock e frequência.

Por falta de melhor explicação, digamos que funciona como um sistema de emulação capaz de adaptar as capacidades dos consoles mais potentes para rodarem títulos mais antigos, compatíveis originalmente com outras arquiteturas.

É importante observar que os documentos mostram que a solução é baseada em software, e não em hardware. Levando em conta que a Sony tem trabalhado no Project Spartacus, codinome da sua resposta ao Xbox Game Pass, é bem provável que a novidade chegue atrelada ao novo serviço, quando este finalmente for revelado oficialmente e lançado.