CEO da Roblox burlou impostos usando lei para pequenas empresas

1 min de leitura
Imagem de: CEO da Roblox burlou impostos usando lei para pequenas empresas
Imagem: Roblox
Avatar do autor

O CEO da Roblox foi pego usando uma estratégia para lá de questionável para evitar pagar impostos. Apesar de ser totalmente dentro da lei, a artimanha aplicada pela empresa para evitar pagar o governo não é exatamente a mais honesta possível.

A informação foi compartilhada pelo jornal The New York Times em uma reportagem sobre o Qualified Small Business Stock (QSBS), uma lei criada na década de 1990 para ajudar pequenas empresas a pagar menos taxas. A intenção, embora boa, acabou gerando uma avalanche de corporações utilizando o sistema para evitar pagar imposto.

Quando criado, o QSBS visava oferecer às companhias a possibilidade de pagar imposto sobre apenas 50% de receitas de até US$ 10 milhões. Pouco depois, a lei mudou e passou a isentar o valor completo, o que chamou a atenção dos executivos que queriam aumentar seus lucros. E foi aí que tudo desandou.



Utilizando um método conhecido como stacking, donos de empresas começaram a distribuir ações de suas empresas para familiares e até mesmo amigos para diluir a receita total da empresa em várias porções menores. Assim, com a grana dividida entre várias pessoas diferentes, a empresa se via isenta de pagar impostos sobre muito milhões de dólares.

Para se ter uma ideia do tamanho do prejuízo aos cofres públicos, em março deste ano a Roblox era avaliada em nada menos do que US$ 45 bilhões. Conforme o valor de mercado e a receita das empresas vão subindo, segundo a reportagem, advogados norte-americanos até mesmo chegam a instruir seus clientes a terem mais filhos para poderem distribuir mais ações e manter o dinheiro "dentro de casa". Pois é.