Pokémon: remake de Diamond & Pearl 'resolve' escassez do tipo fogo

1 min de leitura
Imagem de: Pokémon: remake de Diamond & Pearl 'resolve' escassez do tipo fogo
Imagem: The Pokémon Company
Avatar do autor

Quando foram lançados originalmente para Nintendo DS, em 2006, Pokémon Diamond e Pokémon Pearl tornaram o dilema do monstrinho inicial ainda mais difícil. Afinal, caso os jogadores não começassem suas aventuras com o simpático Chimchar, só havia Ponyta como outra opção do tipo fogo durante todo o resto do jogo.

Hoje (19), com o lançamento dos remakes Pokémon Brilliant Diamond e Pokémon Shining Pearl, a Pokémon Company deu um jeito de "consertar" o problema da escassez de monstrinhos do tipo fogo. Agora é possível explorar uma nova área no subsolo, onde jogadores podem capturar monstros de bolso de vários tipos elementais diferentes.

Nesta nova área, chamada Underground, jogadores podem não apenas curtir o mini-game de dowsing, mas também é possível visitar biomas onde diferentes Pokémon que não fazem parte da Pokédex de Sinnoh podem ser encontrados.

Monstrinhos de fogo podem ser encontrados no bioma vulcânico do UndergroundMonstrinhos de fogo podem ser encontrados no bioma vulcânico do UndergroundFonte:  The Pokémon Company 

Por exemplo, um bioma de caverna terá muito mais Pokémon do tipo pedra, enquanto uma área aquática será habitada majoritariamente por monstrinhos do tipo água. E foi aí que a produtora encontrou a solução para a falta de bichinhos de fogo.

Ao localizar o bioma "vulcânico", jogadores podem encontrar monstrinhos como Charmander e Magby, por exemplo. Para tentar capturá-los, jogadores devem caçá-los na área laranja do Underground.

Assim, com esta "solução", jogadores podem tirar um pouco da pressão e tranquilamente escolher Piplup ou Turtwig como seus primeiros companheiros na aventura pelo continente de Sinnoh.

Pokémon Brilliant Diamond e Pokémon Shining Pearl já estão disponíveis exclusivamente para Nintendo Switch.

Fontes