Jogos em nuvem devem ter crescimento de US$ 13,5 bilhões até 2026

1 min de leitura
Imagem de: Jogos em nuvem devem ter crescimento de US$ 13,5 bilhões até 2026
Imagem: Shutterstock
Avatar do autor

Os jogos em nuvem devem ter um crescimento de aproximadamente US$ 13,5 bilhões até o ano de 2026. A previsão foi divulgada pelo serviço de análise DFC Intelligence, em um relatório sobre Cloud Gaming e Streaming interativo. Para fins de comparação, neste ano o setor gerou "apenas" US$ 1,23 bilhão.

O texto prevê que somente os usuários que já possuem computadores de última geração devem movimentar cerca de 10 bilhões de dólares no período apurado. Segundo o relatório, atualmente a maior parte do lucro do mercado de games vem dos serviços por assinatura, como por exemplo o Nintendo Switch Online, o Xbox Game Pass e a PlayStation Plus.

Mas as coisas devem mudar no futuro próximo, quando "a maior parte do crescimento [do mercado] vier de produtos e serviços não vinculados a nenhuma assinatura de serviços". De acordo com o relatório, a empresa prevê que jogos como serviços (como Fortnite e Apex Legends), conteúdo gerado por usuários e audiência de video games deve ajudar o lucro do setor de jogos em nuvem a crescer.

No relatório, o DFC Intelligence diz acreditar que o sucesso do mercado de jogos em nuvem pode estar na interação entre público e profissionais. Experiências que "não são necessariamente competitivas", como ferramentas que permitam aos usuários interagir com seus criadores de conteúdo, jogadores profissionais e influenciadores favoritos devem ser pivôs no desenvolvimento do setor.

A empresa afirma que o mercado não se resume apenas a baixar um título e jogá-lo. "Cloud Gaming não é apenas a distribuição de jogos de ponta tradicionais", disse o DFC no relatório, mas sim "a oportunidade de criar novos formatos de jogos monetizáveis e entretenimento interativo" que só podem ser entregues usando tecnologia de nuvem.