As semelhanças entre os games e a faculdade

6 min de leitura
Patrocinado
Imagem de: As semelhanças entre os games e a faculdade
Avatar do autor

Pense em quantas horas você dedica ao seu jogo favorito, das cenas de abertura aos créditos finais. Você sabe que, para superar diversos desafios, realiza uma série de tentativas e um estudo aprofundado de mecânicas, além de empreender análise cuidadosa dos itens necessários à concretização de missões, ao desenvolvimento de habilidades e muito mais. Afinal, não seria possível progredir somente com aquilo que você tinha no início, principalmente em níveis de dificuldade mais avançados.

Quem sabe um vídeo no YouTube tenha esclarecido um ponto que passou batido, ou um movimento mais ousado te ajudou a conquistar um elemento importante para o desbloqueio de um cenário inédito. Aliás, às vezes estamos tão imersos na história que a resposta para um enigma indecifrável vem em um momento aleatório, como no banho, já que decoramos cada detalhe das fases e até quantos passos um vilão vai dar para acertar nossos personagens.

Toda essa jornada resulta no domínio do jogo. Então, chega o momento em que outra pessoa se espanta com o que somos capazes de fazer e pede dicas. Aí, não precisamos mais pensar duas vezes antes de apresentar a solução nem consultar algo por aí. Assim, nos tornamos verdadeiros referenciais para quem começa a explorar aquele universo que conhecemos tão bem.

A princípio, pode parecer que tudo isso está restrito a diversos tipos de jogo, ou seja, ao entretenimento, mas existem outros aspectos da vida que podem ser encarados do mesmo modo. Uma vez gamificados, esses aspectos tornam-se até mais atraentes do que pareciam inicialmente, e a faculdade é um deles. Saiba o porquê.

pucprTudo na vida é um jogo e, com a preparação certa, é possível vencer. (Fonte: Shuttestock)

Preparação contínua

A possibilidade de unir a paixão por games e pelos seus desenvolvimentos a uma profissão está cada vez mais ampla. Dada a complexidade dos processos relacionados à criação dos jogos, é difícil chegar a uma empresa e convencê-la de que você está capacitado dar um start neste cenário, especialmente sem comprovar suas competências. Isso é praticamente impossível, assim como entrar no New Game+ do Dark Souls sem nunca o ter jogado e achar que vai se dar bem. Sendo assim, por onde começar?

Um curso em Jogos Digitais pode ser um grande passo. Afinal, você vai imergir nos diversos aspectos que te prepararão para qualquer desafio da vida profissional, mesmo sem ter conhecimentos prévios em programação ou artes digitais. Logo, além de passear pelos cenários dos jogos, você tem a oportunidade de criá-los, permitindo que outros apaixonados por games conheçam novas realidades.

Além disso, a prática é essencial, e a faculdade estabelece treinamentos voltados à ação efetiva, tudo para que você saiba o que pode enfrentar no dia a dia profissional e dominar conceitos básicos associados às suas tarefas. Isso vale para qualquer área, mas, falando de tecnologia, há laboratórios preparados com bons equipamentos e sistemas que garantem fases ainda mais elaboradas – e com maiores prêmios.

Em equipe tudo fica mais fácil

Não se chega a lugar algum sozinho, e isso vale tanto para jogos multiplayer quanto para a vivência universitária. Assim, um corpo docente qualificado pode dar aquele empurrão para que, um dia, você possa falar com propriedade de assuntos que envolvem a área de conhecimento escolhida.

Professores, inclusive, são quem nos preparam para enfrentar “chefões”, como as provas, que, além de avaliarem as skills que desenvolvemos em nossa trajetória, definem em que lugar ficamos em diversos “campeonatos” fora das salas de aula.

Ao final de tudo, a faculdade torna os estudantes aptos a desbravarem novos títulos, já que conhecimento não é algo que se perde e fica muito mais fácil aprimorar técnicas quando se tem uma base sólida, que foi adquirida tanto pelo próprio esforço quanto pela orientação adequada a cada caso.

Aliás, se precisar de argumentos para convencer os pais de que seguir uma carreira nessa área, uma ótima ideia sugerida por Bruno Campagnolo, coordenador de Jogos Digitais na PUCPR, é: "Acho que a chave é deixar claro que o mercado de jogos é excelente para quem quer atuar internacionalmente, é uma área muito promissora para aqueles que desejam atuar na indústria criativa. Hoje, vemos a indústria do Cinema e da Música, por exemplo, em crise. Enquanto isso, o mercado de jogos só cresce! Além disso, ao estudar Jogos Digitais, ganha-se uma base teórica muito forte em programação e artes, abrindo portas para caso o profissional queira migrar para área de tecnologia futuramente".

O Brasil não fica de fora dessa história, e Campagnolo conta que o país está competindo de igual para igual com o resto do mundo: "Gosto de destacar o trabalho da Behold Studio e da Aquiris, que são estúdios brasileiros que estão fazendo muito sucesso no exterior. Além disso, temos estúdios brasileiros que trabalham com partes de jogos junto de estúdios internacionais grandes, criando de forma conjunta. Por isso, os estúdios brasileiros são supercompetitivos. No mercado de dispositivos móveis, os brasileiros já são super-reconhecidos, inclusive com unicórnios no mercado de jogos, como a Wildlife Studios."

"O Brasil é um celeiro de talentos nos Jogos Digitais, porque o brasileiro é um profissional muito flexível, que consegue se adaptar muito bem a diferentes áreas e especialidades. Com a pandemia, tornou-se ainda mais fácil e muito comum trabalhar de forma remota, o que abre as portas para os brasileiros atuarem no exterior. Além disso, o mercado internacional é vantajoso pelo posicionamento do dólar, que acaba remunerando melhor o trabalho do desenvolvedor de Jogos Digitais", ele complementou.

E nesse contexto de pandemia, cursar Jogos Digitais tornou-se ainda mais fácil e acessível com os cursos de graduação em jogos que podem ser do modelo Bacharelado, mais voltado para pesquisa ou Tecnólogo, o caminho mais rápido para a prática.  

Em relação ao Tecnólogo, existem as modalidades presencial e Virtual / Ao Vivo. Na Ao Vivo, o aluno pode escolher como prefere acompanhar as aulas: presencialmente ou  no modelo hyflex, ou seja, com uma experiência de aprendizagem mais focada no consumo online através de uma tela, a qualquer lugar que esteja, mas sempre ao mesmo tempo que o professor e seus colegas. O curso foi totalmente estruturado para as aulas remotas e interativas, nas quais o professor da disciplina está ao vivo e conduz também atividades em grupo.

Com cursos especializados voltados à área, inteligência artificial alguma será capaz de barrar o desejo de crescer cada vez mais e de dar continuidade a um jogo de possibilidades infinitas. No caso, a vida que se constrói após a graduação.

pucprNada como uma boa partida multiplayer com quem sabe o que faz. (Fonte: Shutterstock)

Forme-se com diferenciais para toda uma vida

Agora que você já identificou as semelhanças entre a faculdade e os games, deve considerar que, assim como não aposta em um título qualquer, também não deve desperdiçar sua dedicação em uma instituição que ofereça uma formação "meia-boca". Portanto, desenvolva habilidades e valores humanos na universidade eleita a número 1 do Paraná pela Times Higher Education, a Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR).

Quanto à jornada no universo dos jogos, Campagnolo afirma: “O estudante não precisa de conhecimento algum em programação para entrar no curso, pois ele vai desenvolver todas as skills aqui na PUCPR! Na verdade, o curso de Jogos Digitais é construído em duas trilhas: Programação e Artes Digitais. Da mesma forma, mesmo que o estudante não tenha experiência prévia alguma com Artes Digitais, não precisa se preocupar, pois essa habilidade será desenvolvida durante todo o curso! Aqui na PUCPR, formamos um profissional tecnicamente mais completo e preparado para atuar no mundo dos jogos".

A PUCPR está de portas abertas para que você desenvolva competências e trilhe a sua trajetória com um novo jeito de pensar, e todas as grades curriculares ofertadas são permeadas de valores para toda a vida, te fazendo crescer como ser humano.

Além disso, o corpo docente da PUCPR é formado por profissionais comprometidos com a ética e com o processo de ensino e a aprendizagem dos estudantes, sendo grandes referências para que você também se torne uma!

Na instituição, o protagonismo é seu desde o ingresso. Você pode optar pelo vestibular agendado - nele você pode marcar sua prova e realizá-la de onde estiver e no dia que quiser, usar sua nota do Enem dos últimos 5 anos, ou então realizar transferência de outra instituição. Estude na número 1 do Paraná, abra as portas do seu futuro para um mundo de possibilidades e viva toda sua multiversidade!

Fontes