CoD: trapaceiros agora terão a conta banida por toda a franquia

1 min de leitura
Imagem de: CoD: trapaceiros agora terão a conta banida por toda a franquia
Imagem: Call of Duty
Avatar do autor

A desenvolvedora Activision atualizou os termos da Política de Segurança e Controle do recém lançado Call of Duty: Vanguard, aumentando as penas para quem for pegou trapaceando ou violando as regras do jogo.

Em último caso, os jogadores podem receber uma suspensão permanente da conta. Esse tipo de penalização é definitivo e, segundo o texto, pode valer para toda a franquia de jogos de tiro — incluindo não apenas o Vanguard, mas também títulos passados e futuros da série Call of Duty. No texto, a companhia não detalha quais seriam os games já lançados que fazem parte da lista.

"Suspensões permanentes são duradouras e definitivas, elas podem ser aplicadas neste título e títulos passados, presentes, ou futuros da franquia Call of Duty", diz a nova regulamentação. Caso não seja algo gravíssimo, a primeira infração normalmente resulta em uma suspensão temporária que pode durar de 48 horas a duas semanas, além de redefinições das informações do jogador nos modos online.

O que é proibido?

As tais "violações extremas ou recorrentes" podem envolver falsificação do jogo, burlar a segurança, ter um comportamento ofensivo, esconder a identidade, usar programas ou acessórios não autorizados para trapacear, adquirir conteúdos piratas, explorar brechas ou fazer impulsionamento de personagem ao conspirar com outro jogador.

Todos os detalhes da política de segurança podem ser conferidos na página de suporte da Activision para o game (em português).