Criadores de Scorn se irritam com fãs, depois se desculpam

1 min de leitura
Imagem de: Criadores de Scorn se irritam com fãs, depois se desculpam
Imagem: Ebb Software

Scorn conta a história de muitos títulos independentes ambiciosos. O jogo começou com uma campanha de sucesso no Kickstarter, depois emplacou um importante contrato de produção com a Microsoft. Com isso, agora seus apoiadores se sentem meio deixados de lado. Após muita pressão nos desenvolvedores, a equipe acabou oferecendo uma atualização não muito amigável, que foi prontamente criticada e até gerou um pedido de desculpas.

A principal crítica dos fãs e apoiadores do projeto inspirado pelas artes de H.R. Giger era a falta de atualizações sobre o andamento do jogo, que ficou um ano sem postar novidades no Kickstarter. O "silêncio" foi rompido, no entanto, por um post confirmando que o game será adiado e criticando muito a pressão dos potenciais jogadores.

O texto reclama de quem comentou sobre um possível "inferno de desenvolvimento" e fala sobre "os problemas do hype". O post é concluído de um jeito nitidamente frustrado: "Se a falta de comunicação é tão problemática pra você, apenas peça pelo reembolso e encerre o assunto. É só um jogo. Você pode jogá-lo quando sair se ainda estiver interessado".

Arrependimento

Grande parte dos comentários em resposta ao update foi bem descontente e fazendo justamente isso — pedindo o reembolso. A maioria dos usuários não questiona os problemas que um estúdio enfrenta durante um desenvolvimento, nem reclama do adiamento, mas critica o tom adotado pelo texto, considerado "hostil" por muitos.

O resultado foi mais um post, no dia seguinte, escrito pelo CEO da Ebb Software, estúdio por trás de Scorn. No texto escrito em tom pessoal, Ljubomir Peklar se desculpa pela hostilidade do post anterior, dizendo: "Nós podemos estar cansados, confusos e frustrados com nossa própria inaptidão, mas não há motivos para descontar em vocês. Por isso, eu me desculpo profundamente."

Scorn tem lançamento previsto para 2022 e tem versões confirmadas para e Xbox Series X e S.

Fontes