Forza Horizon 5: maravilhoso é pouco!

6 min de leitura
Imagem de: Forza Horizon 5: maravilhoso é pouco!
Imagem: Forza Horizon 5
Avatar do autor

Quando a franquia Forza Horizon surgiu no mercado de games, o primeiro rótulo dado a ela era de que se tratava de um GTA de carros por sua liberdade, com um mapa enorme, diversos desafios e muita diversão.

Nove anos depois do primeiro título podemos ainda utilizar essa personificação, com uma evolução digna dos jogos atuais. Bebendo de todo o poderio gráfico da atual geração, Forza Horizon 5 é hors concours em diversos aspectos.

Cartão de visitas

Dizem que a primeira impressão é a que fica e Forza Horizon 5 mostra logo de cara todo o seu potencial. Depois de passearmos pelas estradas da Inglaterra, no título anterior, o novo jogo da série tem como contexto, o México.

Você já será colocado a prova logo no início do jogo, com carros “pulando” de paraquedas direto de um grande avião para conhecer todos os ambientes disponíveis no game.

Carros suntuosos, poderosos e muito bem-feitos serão a sua diversão entre biomas diversos, recheados de vida e muita diversão. Aqui entra o primeiro ponto positivo. Poucos lugares no mundo poderiam ajudar a criar este roteiro e o México está entre eles.

Logo depois de toda a apresentação do que é possível e imaginável, o jogador começa a se aventurar pelas ruas da região, que possui asfalto, terra e um cenário paradisíaco. Aqui vale destacar a parte gráfica.

O jogo é lindo, do início ao fim. Impressiona o número de detalhes colocados em cada ponto do mapa, seja dentro da cidade, ou próximo da praia. Seja nas montanhas ou no meio da floresta, tudo serve como um grande conjunto para a imersão do jogo.

A música está à altura dos apaixonados por corridas, deixando a aventura extravagante. Mas se você prefere ouvir os roncos dos motores, não se preocupe, a diversão também fica à altura sem as trilhas sonoras.

Eu prefiro jogar dessa forma, apenas curtindo a paisagem, o ambiente e o rugido dos motores. Mesmo assim, em nenhum momento senti falta da trilha sonora.

A otimização do jogo também é um ponto favorável. Quando comecei a jogar, meu inconsciente já havia começado a trabalhar, dizendo que dificilmente o meu computador aguentaria a pancada do jogo.

Mas consegui rodar com facilidade em 4k em 60 frames por segundo, tendo algumas quedas praticamente imperceptíveis em uma GeForce RTX 2080 Ti. Isso é fundamental, principalmente quando se trata de um jogo de corrida, em que a velocidade é o ponto principal.

Muito o que fazer

Como já é de costume, em Forza Horizon 5 a aventura será praticamente infinita. Com um mapa maior do que o da última edição, prepare-se para muitas aventuras.

Além do modo carreira, onde você passará por festivais distintos e magníficos, prepare-se para fazer quests sensacionais, como a de reconstrução do Volcho.

Para quem não sabe, Volcho é o nome dado para o nosso famoso Fusca. Você ajudará uma garota a reconstruir o carro e torná-lo uma verdadeira máquina de corrida.

Assim como na obra-prima criada pelo diretor Robert Stevenson, no fim da década de 1960, se “o meu fusca falasse”, ele não pararia mais, só para contar as belezas que existem dentro do título.

Prepare-se também para se aventurar por diversas corridas, aventuras semanais e adquirir carros exclusivos. Este item dá um fator replay gigantesco ao jogo, mesmo que você já tenha acabado grande parte do que pode ser feito.

Ainda existem as placas para serem encontradas ao longo do cenário e os radares de velocidade, onde você deve conseguir 3 estrelas para ser o mais veloz da história.

Grande parte das corridas possui modo solo, player versus player e cooperativo, então, prepare-se para se divertir com os amigos em diversas provas.

Durante a semana de lançamento encontrei muitos problemas de conexão, o que impediu a diversão com a galera, mas acredito que isto seja resolvido em breve.

Confesso que no início fiquei perdido com tanta informação na tela. Lógico que eu já sou um quarentão e os jogos estão cada vez mais voltados para a garotada, mas fique tranquilo. É possível diminuir o número de eventos que aparecem no mapa.

Você poderá filtrar as informações, fazendo com que a aventura siga a ordem que preferir, optando por diversas customizações. Isto ajudará muito no início, caso o jogador sinta-se perdido com o número de opções.

Quero ver contar nos dedos

Horizon 5 também possui centenas de veículos para a sua diversão. Além de corridas contra jet skis e motocicletas, você terá mais de 400 carros para se divertir nas mais diversas pistas do jogo.

Muitas são as marcas presentes no jogo, como Aston Martin, Alpine, Audi, BMW, Dodge, Ferrari, Jaguar e Land Rover.

Você pode adquiri-los na roleta, em leilões e até mesmo na concessionária, mas prepare o bolso, pois muitos deles custam uma verdadeira fortuna. Por isso a importância de se fazer tudo em Horizon 5.

Tudo gera moedas. Desde a destruição de cactos até drifts durante seu passeio pelo mapa. Desta forma você juntará uma boa grana para gastar como bem entender.  Seja comprando um carro ou modificando sua velocidade e aparência.

Como não poderia deixar de ser, Horizon traz muita tunagem para customizar os seus carros. Para aqueles que não possuem muita familiaridade, é possível utilizar as alterações de forma automática.

Caso você prefira, pode mudar peça por peça. Existe também a possibilidade de mudar a pintura do veículo, até mesmo utilizando o que foi feito pela comunidade. É uma obra de arte atrás da outra.

Para todos os gostos

Horizon 5 aproxima todos os jogadores, seja o apaixonado por simulação ou o casual. O gamer poderá customizar a dificuldade das corridas e dos veículos em todos os aspectos, tornando o título um prato cheio para os apaixonados por corrida.

A jogabilidade está muito agradável e existe uma leve diferença frente ao último título. É possível reparar melhor as diferenças entre os veículos e como o peso de cada um deles interfere na sua pilotagem.

Existe uma outra característica que me encantou no game. Forza Horizon 5 permite que o jogador possa se divertir durante horas ou por alguns minutos, dependendo do tempo disponível para a jogatina.

Isso é muito importante, ainda mais nos tempos atuais, onde muitos possuem horas limitadas de jogatina. Dificilmente você vai sair com a cara amarrada do jogo, independentemente do tempo em que se divertiu.

Horizon 5 permite que você jogue da forma que quiser, com o tempo que você possui. A possibilidade de fazer o que bem entender te dá a sensação de liberdade que apenas o mundo da velocidade proporciona.

Em muitos momentos entrei apenas para destruir placas e brincar pelos radares de velocidade, sem lenço e sem documento. Sem pressão, objetivos ou competição. Apenas para deixar o tempo passar.

Em outras ocasiões optei por participar pelos festivais disponíveis, avançando no modo carreira e chegando até o Hall da Fama. Aliás, ao chegar nele muitos veículos poderão ser adquiridos de forma exclusiva.

Vale a pena?

Forza Horizon 5 trata-se de liberdade, leveza e diversão. Por mais que a história seja desnecessária, com personagens pouco interessantes e envolventes, o que realmente importa é pisar no acelerador. Vislumbrar as regiões magníficas do México e aproveitar todo o aparato tecnológico que a atual geração de consoles proporciona é sensacional. Tenho certeza que você vai se sentir dentro de um mundo real.

A infinidade de provas, missões e desafios apenas servem como a cereja de um bolo gostoso e que você jamais quer parar de comer.

Forza Horizon 5 foi cedido gentilmente pela Microsoft para a realização desta análise

Pise fundo e divirta-se pelo maravilhoso México

NOTA Voxel: 95