Marvel's Avengers: escolher a Crystal Dynamics seria erro da Square Enix

1 min de leitura
Imagem de: Marvel's Avengers: escolher a Crystal Dynamics seria erro da Square Enix
Imagem: Square Enix/Divulgação
Avatar do autor

Depois de gerar bastante hype com apresentações, vídeos de gameplay e demonstrações, Marvel's Avengers foi lançado em agosto do ano passado e teve uma trajetória bastante difícil. Duramente criticado pelo público e pela imprensa especializada, o jogo não engatou e teve resultado bem abaixo do esperado pela Square Enix.

A publicadora já havia reconhecido anteriormente que o resultado final do game foi aquém do esperado, mas pela primeira vez parece estar assumindo parte da culpa pelo desempenho decepcionante do produto. Em relatório divulgado recentemente, a empresa sugeriu ter se precipitado ao escolher o estúdio Crystal Dynamics para liderar o projeto.

Yosuke Matsuda, Presidente da Square Enix, disse no documento que o jogo dos Vingadores "foi um título ambicioso" com modelo GaaS (Games as a Service, ou Jogos como Serviço). "Superamos várias dificuldades inesperadas na fase final do desenvolvimento do jogo, incluindo a necessidade de trabalhar de casa por causa da pandemia," disse o CEO, afirmando em seguida que mesmo assim o lançamento do game não foi tão bem-sucedido quanto o esperado.

Matsuda disse ainda que optar pelo modelo de Jogos como Serviço ajudou a identificar problemas que seus times podem enfrentar novamente no futuro. Um dos exemplos apontados pelo CEO foi a "necessidade de escolher designs de jogos que combinem com as preferências e atributos únicos dos nossos estúdios e times de desenvolvimento". Ou seja, a Crystal Dynamics não foi a melhor escolha para trabalhar em Avengers.

Conhecida pelos reboots de Tomb Raider, a produtora dedicou boa parte de sua existência à nova saga da heroína Lara Croft nos video-games e tem bastante experiência com jogos single player. Deixar a empresa como responsável pela criação de um projeto estilo GaaS tão importante quanto Avengers pode mesmo não ter sido a ideia mais inteligente da Square Enix.

De qualquer forma, vale pontuar que embora aponte a escolha do estúdio como um dos motivos do resultado desastroso, a publisher não culpa diretamente a Crystal Dynamics. A empresa apenas reconheceu ter feito uma decisão ruim na hora de escolher qual time ficaria responsável pelo jogo dos heróis da Marvel.