FIFA 22: EA baniu mais de 30 mil jogadores que abusaram de bug

1 min de leitura
Imagem de: FIFA 22: EA baniu mais de 30 mil jogadores que abusaram de bug
Imagem: EA
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Em uma mensagem publicada no Twitter, o time oficial da Electronic Arts anunciou que mais de 30 mil contas receberam uma suspensão de sete dias em FIFA 22 após abusar de um erro que oferecia vantagens no modo Ultimate Team – para aqueles que recorreram a ele, foi possível avançar no FUT Champions com 20 vitórias consecutivas.

De acordo com relatos que estão na rede, o bug em questão fazia com que os jogadores mudassem o rumo da partida com o pressionar de apenas um botão, seguindo para o menu do console quando estavam com uma derrota prestes a acontecer e esperando o contador terminar. Dessa forma, era registrada uma vitória e permitia o avanço na competição, truque que foi logo compartilhado na rede e levantou suspeitas por conta do número de cartas que passou a ser vendido no mercado.

“Nós identificamos mais de 30 mil contas ativas que exploraram essa falha de maneira consistente e as suspendemos de FIFA 22 online por sete dias, impedindo estes de participarem no FUT Champions Finals desta semana”, diz a mensagem da FIFA Direct Communiaction.

FIFA 22 está disponível em versões para PC, PlayStation 4, PlayStation 5, Stadia, Xbox One, Xbox Series X/S e Switch.

Fontes