CoD: Warzone ganhará sistema anti-cheat com driver de nível de kernel

1 min de leitura
Imagem de: CoD: Warzone ganhará sistema anti-cheat com driver de nível de kernel
Imagem: Activision/Reprodução
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Activision anunciou, nesta quarta-feira (13), o RICOCHET Anti-Cheat, um sistema contra trapaças para Call of Duty: Warzone. Para combater os trapaceiros, o sistema utiliza ferramentas de monitoramento e análises para identificar trapaças e processos de investigação para eliminar os cheaters.

Além disso, a desenvolvedora explicou que a tecnologia também é composta por um driver de nível de kernel para o PC. O novo driver irá monitorar e reportar outros aplicativos que tentarem interagir com o jogo, o que permitirá que o RICOCHET Anti-Cheat determine se uma máquina está utilizando processos não autorizados para manipular o game.

RicochetFonte: Activision

A empresa justificou o uso do driver de nível de kernel (que é um código que consegue ter acesso às operações do computador) citando a dificuldade cada vez maior de se identificar softwares que possibilitam as trapaças.

CoD: Warzone

“O driver de nível de kernel do RICOCHET Anti-Cheat só opera enquanto você estiver jogando Call of Duty: Warzone no PC. O driver desliga quando você sai do jogo e liga quando você começa uma nova partida”, pontuou.

A Activision também salientou que o driver de nível kernel, que chegará ainda neste ano no lançamento do mapa Pacific para CoD: Warzone, será obrigatório para jogar o game e não pode ser desinstalado ou desligado.

O sistema RICOCHET Anti-Cheat também virá junto de Call of Duty: Vanguard, que será lançado em 5 de novembro deste ano para PC, PS4, PS5, Xbox One e Xbox Series S/X.

Benefícios e dicas de segurança

Em seu anúncio sobre a novidade, a Activision também contou que avisará quando o RICOCHET Anti-Cheat for lançado tanto nas redes sociais, blogs e dentro do próprio game.

“Enquanto o driver em nível de kernel, que é parte do RICOCHET Anti-Cheat, será lançado no PC, por extensão os jogadores de consoles que jogarem em crossplay contra jogadores de PC também aproveitarão deste benefício”, informou a empresa.

Além de explicar os detalhes sobre o sistema anti-trapaça, a empresa sugeriu aos jogadores utilizarem a autenticação de dois fatores para manter suas contas seguras e utilizarem a ferramenta de denúncia em caso de possíveis cheaters.