Civilization: do pior ao melhor, segundo a crítica

5 min de leitura
Imagem de: Civilization: do pior ao melhor, segundo a crítica
Imagem:

Acho que todo mundo já pensou como seria comandar uma cidade, um país ou até mesmo o mundo, liderar através da força ou da diplomacia, desenvolver uma sociedade inteira baseada em seus ideais. Considerando que estamos em 2021, é muito difícil que isso aconteça de verdade.

Sid Meier então decidiu criar um espaço para não só você aplicar tudo isso na prática como colocar diversos adversários em seu caminho para que seu espírito competitivo trabalhe junto pela sua sede por progresso. Vocês pediram e aqui está o do Pior ao Melhor da franquia Civilization. Aqui estão nossos critérios, prestem bastante atenção:

  • As notas apresentadas são baseadas no agregador de notas Metacritic. Se o título foi lançado para mais de uma plataforma inicialmente, pegaremos as notas de cada uma das versões e faremos uma média aritmética.
  • Nós consideramos os jogos principais da franquia.

4) Civilization VI (2016) - 88 (PC, Switch, PS4, Xbox One)

Em quarto lugar, temos o último game da franquia até o momento. Civilization VI, lançado em 2016, segue as mesmas bases estipuladas pela franquia desde sua fundação: estratégia em turnos 4X com os jogadores e bots comandando líderes mundiais com características específicas que competem entre si para vencerem a partida. Há diversas formas de ser vitorioso, seja pelo progresso ou pela força bruta.

Ainda que sua jogabilidade seja muito semelhante com a de seu antecessor, Civilization V, ele traz novidades e mudanças como um novo motor gráfico, quantidade limitada de unidades empilhadas, nova árvore de tecnologia, mais cartas avançadas e novas agendas que influenciam as ações dos jogadores. No total, ele traz 18 civilizações no jogo base, mas totaliza 54 considerando suas 4 expansões e extras.

Para a crítica, o game traz novas oportunidades estratégicas, boas mudanças na diplomacia, pesquisa e civilidade, diversas novas nuances que fazem as condições de vitória parecerem mais justas e a fórmula clássica ficou ainda mais robusta, mas a IA possui alguns problemas assim como algumas questões na experiência do usuário, além de problemas na explicação de ideias como o Turismo. Sua nota é 88.

3) Civilization III (2001) - 90 (PC)

Em terceiro lugar, o terceiro jogo da franquia. Civilization III, lançado em 2001, não teve nenhum envolvimento do Sid Meier, que foi o criador da série. Diferente de seus antecessores, o seu foco é na construção de um império, começando milhares de anos antes de Cristo e desenvolvendo com diversas tecnologias modernas até os tempos atuais.

Entre as suas novidades, o jogo trouxe pequenas maravilhas do mundo, que são menos restritivas que as grandes maravilhas, e a parte de cultura, que está ligada à influência de cada um dos impérios.

O jogo foi criticado por ser impreciso historicamente e por conter diversos bugs em seu lançamento, além de ser descrito como pobre em relação à gameplay por alguns, mas a esmagadora maioria dos analistas da época adoraram o título, elogiando as diversas novidades e sua gameplay divertida sem deixar de ser profunda. Sua nota é 90.

3) Civilization V (2010) - 90 (PC)

E também em terceiro lugar, temos Civilization V, lançado em 2010. A gameplay começa na pré-história e avança até tempos modernos, com o jogador podendo ser melhor que seus adversários de diversas formas diferentes, como diplomacia, ciência, economia ou mesmo militar.

O título trouxe um novo motor gráfico, combate revisado e melhorado, civilizações em 4 níveis diferentes, bases hexagonais em vez de quadradas, unidades com movimentação mais precisa, cooperação entre civilizações para desenvolver tecnologias, cidades-estado e mudanças no sistema de cultura, além de outras features menores.

Os analistas elogiaram a jogabilidade viciante, o novo sistema de combate, os visuais lindos, a trilha sonora com músicas clássicas, os sistemas de automação e a excelente interface, mas criticado por algumas estranhezas no multiplayer e pela inteligência artificial inconsistente e agressiva. Sua nota é 90.

2) Civilization (1991) - 92,5 [PESQUISA] (PC, SNES)

Em segundo lugar, o jogo que começou toda a franquia. Civilization, lançado em 1991, foi desenvolvido pela MicroProse, empresa fundada pelos principais designers desse título: Bruce Shelley e o já citado Sid Meier. O jogador está no controle de uma civilização humana e deve evoluí-la em diversas áreas além de tomar decisões que levam a alianças ou guerras.

O jogador começa escolhendo uma civilização histórica ou atual que não passa de uma decisão cosmética, já que só afeta o nome das cidades e títulos, diferente de outros jogos da série. Começando em 4000 antes de cristo, as melhorias tecnológicas levam o jogador da Era do Bronze até a Era Espacial, no futurístico ano de 2100 d.C.

Os analistas da época elogiaram muito a versão de PC, dizendo que ela revolucionou o gênero, trazendo estratégias ilimitadas e uma diversão gigantesca ao jogar, superando seus rivais mesmo sem gráficos tão lindos. Já a versão de SNES acabou desapontando um pouco por conta de sua configuração de botões nada intuitivos, gráficos esticados e um sistema de menus complicados, mas também recebeu elogios por conta da gameplay. Com isso, o jogo ficou com 92,5 de nota.

1) Civilization II (1996) - 94 (PC)

E em primeiro lugar, mais um empate. Começamos com a continuação do jogo citado anteriormente, Civilization II, lançado em 1996. Como comentado por um dos designs, Brian Reynolds, o envolvimento de Meier se resumiu a ideias durante a pré-produção, mas somente isso.

A gameplay é bem semelhante com a de seu antecessor, trazendo algumas diferenças nas civilizações, maravilhas do mundo e tecnologia. Outras novidades relevantes são os gráficos mudando de top-down para uma visão isométrica, unidades totalmente novas, um alto conselho que pode ser consultado e duas opções de vitória.

Ele foi descrito como um dos mais equilibrados jogos já feitos, com profundidade no combate, nas relações diplomáticas e nas trocas entre jogador e computador. Ele constantemente aparece em listas dos melhores games de todos os tempos e sua nota é 94.

1) Civilization IV (2005) - 94 (PC)

E também em primeiro lugar, temos Civilization IV, lançado em 2005. Depois da presença quase nula de Sid Meier no desenvolvimento do segundo e terceiro jogo principal da série, o renomado designer assumiu a direção desse game, trazendo diversas novidades para a fórmula da franquia.

Entre elas, 5 categorias de Grandes Pessoas, exclusão da corrupção, mudança no sistema de governo, mudanças e melhorias na IA inimiga, cidades criadas por bárbaros, introdução da saúde da cidade, foco no modo de visão total do mapa, trilha sonoras com referências à diversas eras, novos efeitos sonoros e narração.

Ele foi aclamado pelas novas opções na gameplay, ótimos visuais e menus, boas opções estratégicas sem ser extremamente complexo e jogabilidade muito viciante, mas criticado pelo ritmo rápido que tira o foco do contexto histórico e por partidas muito longas. Sua nota é 94.