God of War Ragnarok: voz do Kratos se culpa por adiamento do jogo

1 min de leitura
Imagem de: God of War Ragnarok: voz do Kratos se culpa por adiamento do jogo
Imagem: Santa Monica

Em junho a desenvolvedora Santa Monica confirmou o adiamento do jogo God of War Ragnarok para 2022, mas só hoje (30) temos uma ideia mais clara dos motivos para essa decisão: os problemas de saúde do ator Christopher Judge.

Ele mesmo foi ao Twitter conversar um pouco com os fãs e explicar a situação em uma série de postagens, dizendo que: "Pelos meus sentimentos nesse segundo, eu preciso ser honesto e direto. Isso aqui não foi pré-aprovado por ninguém: aos amados fãs da série, Ragnarok foi adiado por culpa minha."



"Em agosto de 2019, eu não estava nem conseguindo andar", explicou. "Tive que fazer uma cirurgia nas costas e substituir meus quadris, e então fazer cirurgia no joelho. Então eles ficaram esperando a minha reabilitação. Sem ameaças, apenas muito amor e apoio. A Santa Monica nunca disse uma palavra sobre o que causou o adiamento, é uma empresa muito boa e que devia dar esperanças a todos."



Como esse comunicado partiu de forma independente por parte do ator, vale apontar que essa é apenas a sua visão da situação, e não um comunicado oficial por parte da empresa. Ou seja, é possível que outros fatores também tenham impactado o adiamento do projeto sem o seu conhecimento.

O que você achou dessas revelações? Está ansioso para jogar God of War Ragnarok em 2022 no PlayStation 5 e PS4? Comente a seguir!