Bomberman: do pior ao melhor, segundo a crítica

12 min de leitura
Imagem de: Bomberman: do pior ao melhor, segundo a crítica

Muitas franquias sempre fizeram de tudo pra evoluir e mudar com o passar dos anos por pensar que seus fãs não gostariam de se manter na mesmice. Já a que vamos falar hoje tem uma jogabilidade tão boa que foi criticada exatamente por tentar fugir do padrão.

Bora explodir uns amiguinhos? Vocês pediram, votaram e aqui está o do Pior ao Melhor da franquia Bomberman. Aqui estão nossos critérios, prestem bastante atenção:

  • As notas apresentadas são baseadas nos agregadores de notas Metacritic e GameRankings. Se o título foi lançado para mais de uma plataforma inicialmente, pegaremos as notas de cada uma das versões e faremos uma média aritmética.
  • Não encontramos as notas de muitos games da lista, então pesquisamos análises da época do lançamento dos principais veículos de mídia gringos e fizemos médias aritméticas.
  • A franquia possui muitos jogos, um número superior a 60. Por conta disso, vamos falar dos 10 piores e dos 10 melhores games, não posições, que nós encontramos as notas.

Vamos começar com os piores

9) Super Bomberman R (2017) - 64 (PS4, Xbox One, Nintendo Switch)

Em nono lugar, temos Super Bomberman R, lançado em 2017. O título traz a clássica jogabilidade da franquia para a oitava geração de consoles, com 50 fases e modo cooperativo para até dois jogadores. Caso queira trocar umas porradas com amigos, até oito jogadores podem se enfrentar ao mesmo tempo.

Além de partidas únicas, ele traz um sistema de ligas e um Gran Prix, esse último adicionado por meio de um update poucos meses após o lançamento inicial do título.

Para a crítica, ele traz aquela ótima sensação de nostalgia, com batalhas clássicas e divertidas aliadas a diversas opções de multiplayer, mas sua visão isométrica pode bloquear a visão da ação e os movimentos da câmera são frustrantes em alguns momentos. Sua nota é 64.

8) Bomberman '94 (1993) - 62,5 (PC Engine, Mega Drive/Genesis)

Bomberman '94, lançado em 1993, acompanha Bomberman em sua tarefa de salvar seu planeta natal após a invasão do maldoso Buglear junto de seu exército de robôs no local.

O jogo coloca o player em diversos labirintos e até puzzles que devem ser resolvidos usando as clássicas mecânicas da série que se baseiam em explodir coisas pelo caminho, assim como outros títulos da série.

O game foi elogiado pelos níveis novos, inimigos e pelos novos poderes, mas criticado por querer inventar demais na parte visual, se assim posso dizer, e deixar a simplicidade característica da série de lado ao mesmo tempo que sua jogabilidade não é tão diferente de outros jogos da série. Sua nota é 62,5.

7) Bomberman Fantasy Race (1998) - 62 (PS1)

Bomberman Fantasy Race, lançado em 1998, é um jogo de corrida que traz seis personagens diferentes para pilotarem animais variados, cada um com habilidades específicas.

O jogo é totalmente 3D e possui tanto modos single quanto multiplayer para até dois jogadores, nesse último sendo possível até apostar dinheiro, que podem ser usados para comprar diversos itens.

O jogo foi criticado por não ser tecnicamente tão bom e não ser tão eletrizante quanto outros do gênero, mas ainda assim ele tem um certo fator diversão. Sua nota é 62.

6) Bomberman Story DS (2007) - 60 [PESQUISA] (Nintendo DS)

Lançado em 2007, Bomberman Story DS acompanha Bomberman, um agente especial contratado pelo departamento de justiça, que tem como dever recuperar dados científicos roubados.

O jogo possui diversos elementos de RPG em sua campanha, parecida com a maioria dos títulos lançados para o console portátil da Nintendo e para o PS1, mas se destaca pelo multiplayer, que inclui o clássico Battle Mode.

Enquanto seu Battle Mode, conexão por meio do Nintendo WFC e modo multiplayer usando só um cartucho foram elogiados, sua história, falta de originalidade e muitos minigames foram criticados, deixando ele com 60 de nota.

5) Bomberman Hero (1998) - 58,15 (Nintendo 64)

Bomberman Hero, lançado em 1998, possui uma história bem parecida com Star Wars IV: Uma Nova Esperança, com Bomberman tendo que salvar uma Princesa do Império após ela ser capturada por ter roubado informações desses malvados.

Diferente dos citados previamente, ele é um plataformer 3D, em que o jogador pode usar bombas para atacar os inimigos. Além disso, ele traz também partes diferenciadas, com jet pack e submarinos.

O jogo foi elogiado principalmente pela sua trilha sonora, mas criticado pelos gráficos, que atrapalhavam a gameplay, e pela falta de um modo multiplayer. Sua nota é 58,15.

4) Bomberman Land (2007) - 57 (Wii)

Em quarto, temos Bomberman Land, lançado em 2007 para o Wii, que é uma coletânea de minigames em que muitos de seus joguinhos se aproveitam do controle de movimento do console da Nintendo.

No total, há 40 minigames distribuídos em diferentes áreas do parquinho de diversões, que é o ambiente em que tudo se passa. Algumas das atrações, como são chamadas, se diferem em um, dois e quatro jogadores, cada uma com características e custos.

Os analistas acharam que o modo batalha clássico é ótimo, o controle de movimento é usado de maneira inteligente e seu modo história não é complicado, mas a maioria dos minigames são bem chatos, há poucos multiplayer e ele não possui opções online. Sua nota é 57.

4) Atomic Bomberman (1997) - 57 [PESQUISA] (PC)

Atomic Bomberman, lançado em 1997, também ficou em quarto lugar. O jogo, que foi desenvolvido nos Estados Unidos em vez do Japão, trouxe gráficos 3D pré-renderizados e diversas gravações de atores durante as partidas.

Mesmo que sua gameplay esteja dentro dos padrões da série, ele possui um modo de edição de níveis, que possibilita uma grande personalização para os jogadores, e um modo multiplayer.

Os analistas elogiaram as animações de morte cômicas e as opções de customização, mas criticaram a jogabilidade ruim no multiplayer online e os diversos problemas com glitches. Sua nota é 57.

3) Bomberman Land (2007) - 55 (PSP)

Bomberman Land, lançado em 2007 para o PSP, é uma coletânea de minigames que os jogadores controlam os personagens conhecidos da franquia, mas que é diferente do jogo anteriormente citado. O título tem suporte para até 4 jogadores que se enfrentam em diferentes partidas constituídas por uma sequência aleatória de joguinhos, incluindo o clássico Battle Mode, em que é necessário matar o outro com bombinhas.

Para os analistas, ele é bem interessante para quem é fã da série, mas não é uma boa opção para quem busca essas coletâneas de minigames, principalmente pela falta de inovação e o ritmo estranho. Sua nota é 55.

2) Bomberman: Panic Bomber (1994) - 51 [PESQUISA] (PC Engine)

Lançado em 1994, Bomberman: Panic Bomber ficou em segundo lugar. O jogo é um puzzle do estilo “falling blocks”, o que o fez ser comparado ao clássico Tetris, que popularizou o gênero. Ainda assim, ele traz diferenciais, como eliminação por cor, foco no PvE e a presença de diversas bombinhas.

O modo história foca na caçada do Bomberman em busca da estátua do Golden Bomber, encontrando diversos personagens famosos da franquia e enfrentando adversários que querem impedir o protagonista de atingir seu objetivo.

O game foi criticado pela gameplay e gráficos simples, com mecânicas diferenciadas, mas não o suficiente para se destacar, ficando com 51 de nota.

1) Bomberman: Act Zero (2006) - 34 (Xbox 360)

E em primeiro lugar temos esse negócio. Bomberman: Act Zero, lançado em 2006, decidiu seguir uma linha mais realista, com visuais mais obscuros, se passando em um futuro distópico. A jogabilidade se mantém a mesma, mas com algumas novidades, como um modo chamado First-Person Battle, que coloca o jogador bem próximo da ação.

Mas nem sempre mudanças são bem aceitas, principalmente quando mal executadas. O jogo tem telas de carregamento bem longas, péssima detecção de colisão, trilha sonora esquecível, gameplay repetitiva e tediosa, repetição de texturas, inteligência artificial mal balanceada e a falta de uma opção de save. Sua nota é 34.

Vamos então para os melhores jogos.

8) Atomic Punk (1990)  - 81 [PESQUISA] (Game Boy)

Atomic Punk, também conhecido como Bomber Boy no Japão e Dynablaster na Europa, foi lançado em 1990 e ficou em oitavo lugar na nossa lista. O exclusivo do Game Boy tem três tipos de jogo: Game A é totalmente original, com uma pegada adventure e com poderes totalmente novos, o Game B é um porte do Bomberman de NES e o Vs. Mode é um multiplayer PvP.

Os analistas elogiaram a ótima gameplay, que vicia o jogador, mas criticaram o pouco conteúdo original, mesmo que o porte do console de mesa da Nintendo seja deveras interessante. Sua nota é 81.

8) Bomberman Generation (2002) - 81 (GameCube)

Também em oitavo lugar, temos Bomberman Generation, lançado em 2002. O game traz um modo aventura que é constituído por seis mundos cheios de puzzles, mini games e combates diferenciados, meio que em um estilo Pokémon.

Ele também possui um modo multiplayer para até quatro jogadores com 5 modos diferentes: Standard Battle, Reversi Battle, Coin Battle, Dodge Battle e Revenge Battle, cada um com diversas características diferentes.

O jogo traz uma jogabilidade bem divertida e viciante, assim como dos primeiros games da série, mas acabou sendo criticado por seus gráficos cel-shaded. Sua nota é 81.

8) Bomberman Ultra (2009) - 81 (PS3)

E pra fechar a trinca do oitavo lugar, temos Bomberman Ultra, lançado em 2009. O jogo foi lançado para o PS3 por meio da PSN e é o terceiro de uma trilogia de jogos por download da franquia.

Ele traz a possibilidade de customizar totalmente os personagens, permitindo 150 mil combinações únicas. Os jogadores se enfrentam em batalhas online com a jogabilidade clássica da série.

Assim como os games anteriormente citados, o jogo foi elogiado por proporcionar uma experiência divertida baseada na jogabilidade clássica da série e pelo baixo preço em relação ao conteúdo oferecido, mas criticado pela falta de incentivo para que o player jogue o modo single. Sua nota é 81.

7) Bomberman (1990) - 82,75 [PESQUISA] (TurboGrafx-16, NEC)

Em sétimo lugar, ficou Bomberman, lançado em 1990. O game é uma reimaginação do primeiro título da série, acompanhando o Bomberman Branco numa jornada para salvar Lisa, a filha de seu inventor, Dr. Mitsumori, que foi raptada pelo Bomberman Preto.

Ele possui um modo single, com diversos níveis divididos em oito mundos lotados com inimigos que precisam ser derrotados para prosseguir, e um modo multiplayer com suporte para até 5 jogadores.

O título foi elogiado pelos analistas pela sua gameplay e todo o modo multiplayer, mas criticado pelos seus visuais bem simples. Sua nota é 82,75.

6) Bomber Man World (1992) - 83 [PESQUISA] (Arcade)

Bomber Man World, lançado em 1992, foi o segundo título da série a chegar aos arcades. Ele tem a mesma gameplay dos jogos anteriores da série e, para zerar o título é necessário completar todos os níveis presentes nos seis mundos.

O jogo recebeu elogios principalmente por seus visuais e gameplay, mas alguns analistas disseram que ele pode não ser divertido pra todo mundo, o que reduziu a nota dele para 83.

6) Saturn Bomberman (1996) - 83 (Sega Saturn)

Saturn Bomberman, lançado em 1996, também ficou em sexto lugar. Seu modo história pode ser jogado em um ou dois jogadores, sendo necessário matar todos os adversários e destruir as orbes vermelhas do mapa, conhecidas como Zarfs.

Já seu modo Battle suporta até 10 jogadores usando dois multitaps, que são hubs de controles para o console. A versão americana do título tem suporte ao Sega Netlink, que permite partidas online para até 4 jogadores, sendo dois por videogame.

O título foi extremamente elogiado pela sua jogabilidade para até dez pessoas, sua acessibilidade e os diversos modos presentes, mas criticado por não ser tão bom quanto jogos anteriores, o que fez com que ele ficasse com 83 de nota.

5) Bomberman Max (1999) - 84 (Game Boy Color)

Bomberman Max, lançado em 1999, chegou exclusivamente ao Game Boy Color em duas versões levemente diferentes que acompanham Bomberman e Max tendo que salvar 5 planetas que foram transformados em mundos mecânicos por uma inteligência artificial chamada Brain.

O título contém 100 níveis diferentes, todos com a clássica gameplay da série, mesmo com diversas tarefas para serem realizadas. Ele é o primeiro título a introduzir os Charaboms, que são parecidos com Pokémon.

O game foi muito elogiado pelos seus visuais, músicas, gameplay e desempenho no console portátil da Nintendo, mas criticado pela falta de um modo multiplayer. Sua nota é 84.

5) Bomberman Live (2007) - 84 (Xbox 360)

Bomberman Live, lançado em 2007, também ficou em quinto lugar na lista. O jogo foi disponibilizado de forma online para o Xbox 360 por meio do Xbox Live Arcade.

Ele foca no multiplayer para até 8 jogadores e traz modos battle e tornament, com os players se enfrentando em diversos rounds para ver qual o último a sobreviver.

Os analistas elogiaram o seu fator diversão, a possibilidade de jogar online com até três amigos e as ótimas opções multiplayer, mas criticado por não arriscar e por não ser tão divertido ao ser jogado sozinho. Sua nota é 84.

4) Super Bomberman 4 (1996) - 85 [PESQUISA] (SNES)

Super Bomberman 4, lançado em 1996, se passa após os acontecimentos de Super Bomberman 3, com os Quatro Reis Bombers e o Great Bomber indo atrás dos Bomberman Branco e Preto por vingança.

Seu modo campanha coloca o jogador para enfrentar uma variedade bem grande de inimigos que, ao serem derrotados, viram ovos que podem ser usados pelos jogadores. Já seu modo multiplayer possui três modos diferentes com um suporte para até 5 players.

O jogo foi elogiado pela sua jogabilidade, diversão e animações, mas criticado por sua apresentação e efeitos sonoros. Sua nota é 85.

3) Super Bomberman 5 (1997) - 85,5 [PESQUISA] (SNES)

E chegamos ao podium, começando com Super Bomberman 5, lançado em 1997. Sua história acompanha os Bombermans Branco e Preto em busca de evitar os planos malvados do Imperador Terrorin. Na gameplay, seus níveis não são lineares, com os jogadores podendo escolher qual ordem irá jogá-los.

O multiplayer traz nove personagens para serem escolhidos e mais de 10 mapas para serem jogados no clássico estilo da série para até 5 jogadores ao mesmo tempo.

Ele foi elogiado principalmente por seus gráficos e trilha sonora, sendo criticado pela falta de inovação na sua jogabilidade, o que rendeu a ele 85,5 de nota.

2) Bomberman Blast (2008) - 86 (Wii)

Bomberman Blast foi lançado em 2008 para o Wii por meio do WiiWare, serviço online da Nintendo para o console. O modo história do jogo contém 39 fases divididas em 5 mundos com 31 inimigos únicos no total e diversos novos itens.

Seu modo multiplayer tem suporte para até 8 jogadores e ele possui um ranking mundial avaliando o desempenho dos players. Ele conta com 10 mapas de batalha e emotes que podem ser feitos durante os confrontos.

O título foi extremamente elogiado pelos ótimos modos de jogo e pelas opções disponíveis, mas criticado pelo preço relativamente alto no console da Nintendo. Sua nota é 86.

1) Bomberman Tournament (2001) - 88 (Game Boy Advance)

E chegamos ao primeiro lugar com ele, Bomberman Tournament, lançado em 2001 para o Game Boy Advance. O game contém uma jogabilidade mais simples que jogos lançados anteriormente, focado exatamente na forma clássica da série, como nos primeiros games.

Seu modo Tournament, diferente de outros jogos da franquia, é um action-adventure, com influências em títulos como Zelda e Pokémon, ambos exclusivos da Nintendo.

Bomberman Tournament foi extremamente elogiado pela sua jogabilidade extremamente viciante, assim como dos primeiros títulos da série. Além disso, seu modo Torunament e sua trilha sonora também foram muito elogiados pelos analistas. Sua nota é 88.