Piratas alegam que remover DRM resolve stuttering de RE Village no PC

2 min de leitura
Imagem de: Piratas alegam que remover DRM resolve stuttering de RE Village no PC
Imagem: Capcom/Divulgação
Avatar do autor

Piratas membros do grupo EMPRESS alegam que a remoção da Gestão de Direitos Digitais (DRM) de Resident Evil Village resolveria os stutterings que o jogo apresenta na versão para computadores. Uma porta-voz da equipe de pirataria afirma que eles conseguiram passar não apenas pelo Capcom Anti-Tamper V3 como também pelo Denuvo V11 nos esforços para criar um crack.

O editor-chefe do site DSOGaming, John Papadopoulos, baixou a versão modificada de Resident Evil Village e a jogou por cerca de duas horas. De acordo com ele, não foi encontrado um único travamento ou qualquer queda de quadros causada por gargalo de software.

Uma das situações onde o stuttering é mais comum nessa versão do game é quando se mata algum inimigo. Nem mesmo nas catacumbas do castelo de Lady Dimitrescu — um dos lugares mais conhecidos por causar travamentos — a equipe do site encontrou queda de quadros.

Matar zumbis em catacumbas é uma boa maneira de encontrar stuttering no PCMatar zumbis em catacumbas é uma boa maneira de encontrar stuttering no PCFonte:  Capcom/Divulgação 

A explicação da líder dos piratas para isso é que, agora que o jogo não precisa ficar checando se foram feitas alterações nos arquivos originais, os recursos do seu hardware podem ser usados exclusivamente para renderizar as cenas do game.

“Todas as pequenas travadas do jogo, como aquela quando você mata um zumbi, foram consertadas porque os pontos de entrada do DRM da Capcom foram eliminados com o patch”, explica a chefe do EMPRESS. “Então a maioria das suas funções nunca mais é executada. Isso resulta numa experiência de jogo mais suave”, completa.

A diferença fica bem clara quando você compara o game rodando antes e depois da remoção do DRM. No vídeo acima, publicado no canal Lewis Dasousa, é possível ver a gravidade do stuttering quando se roda o título numa placa de vídeo Nvidia GeForce RTX 3080.

Então confira abaixo o vídeo de John Papadopoulos, do DSOGaming. Mesmo com sua GPU com 100% de uso, a experiência de mantém estável e acima dos 120 quadros por segundo.

É importante alertar que, para se ter essa experiência, foi necessário que o editor-chefe baixasse uma versão pirateada do jogo. No momento, não há qualquer maneira legítima de se jogar Resident Evil Village sem DRM no PC.

Nem a Capcom e nem Denuvo se pronunciaram oficialmente sobre a quebra de DRM de Resident Evil Village.

A presença de sistemas de Gestão de Direitos Digitais já foi apontada como culpada por prejudicar o desempenho de jogos anteriormente. Foi o caso de Assassin’s Creed Origins, em que se alegou uma redução entre 30% e 40% no desempenho.

Piratas alegam que remover DRM resolve stuttering de RE Village no PC