Griezmann não é mais embaixador de Yu-Gi-Oh por causa de vídeo ofensivo

1 min de leitura
Imagem de: Griezmann não é mais embaixador de Yu-Gi-Oh por causa de vídeo ofensivo
Imagem: Miguel Ruiz/FC Barcelona
Avatar do autor

A desenvolvedora Konami encerrou o contrato que foi assinado com o jogador de futebol Antoine Griezmann, que defende o Barcelona e a seleção da França.

O atleta era um parceiro oficial e embaixador da franquia Yu-Gi-Oh! há cerca de um mês, realizando ações promocionais com a série — ele até ganharia uma espécie de carta especial ainda em 2021, mas o projeto agora deve ter sido cancelado.

O motivo do desligamento é um vídeo publicado nas redes sociais que mostra Griezmann e seu companheiro de clube, Ousmane Dembele, aparentemente fazendo brincadeiras de cunho racista direcionados a técnicos que tentavam consertar um televisor de hotel.

No vídeo abaixo, o jogador de futebol ri das caras e língua dos trabalhadores, dizendo algo como "essas caras feias só pra poder jogar PES, não tem vergonha?", segundo tradução do site Eurogamer. Confira:

Griezmann como embaixador da marca da Konami.Griezmann como embaixador da marca da Konami.Fonte:  Konami 

O clipe foi gravado originalmente em 2019, durante uma tour do Barcelona pelo Japão. Uma das patrocinadoras do time espanhol, a Rakuten, pediu explicações oficiais ao clube sobre o conteúdo do vídeo.

"A Konami Digital Entertainment acredita que nenhuma discriminação é tolerada, assim como é a filosofia dos esportes", afirma a companhia em seu site. A desenvolvedora e o clube catalão são parceiros desde 2016, com mais ações na franquia Pro Evolution Soccer.

"Sempre estive comprometido contra qualquer forma de discriminação. Nos últimos dias, algumas pessoas quiseram me fazer passar por alguém que não sou. Rejeito firmemente as acusações feitas contra mim e me desculpo se ofendi meus amigos japoneses", disse o atleta em suas redes sociais na segunda-feira (5), antes do rompimento do contrato.

Fontes

Griezmann não é mais embaixador de Yu-Gi-Oh por causa de vídeo ofensivo