Golpista tira US$ 10 milhões da Microsoft usando cartões do Xbox

1 min de leitura
Imagem de: Golpista tira US$ 10 milhões da Microsoft usando cartões do Xbox
Imagem: GameSpace

Uma inacreditável brecha na segurança da Microsoft resultou num esquema gigantesco de fraude em cartões de presente do Xbox, que rendeu US$ 10 milhões ao golpista por trás da falcatrua. Essa é a história de Volodymyr Kvashuk, o funcionário da empresa que viveu uma vida de luxo com seus golpes, mas agora serve o começo de uma sentença de nove anos de cadeia.

Kvashuk tinha um trabalho simples: simular compras na loja digital da Microsoft pra ver se estava tudo funcionando em ordem. Eventualmente, ele descobriu que as compras feitas com os cartões de presente do Xbox que ele podia gerar eram legítimas, e resultavam em códigos reais para os games que ele estava simulando comprar.

Ilustração com foto de Volodymyr KvashukIlustração com foto de Volodymyr KvashukFonte:  Timo Lenzen (Bloomberg) 

Como diz o ditado, "a oportunidade faz o ladrão". Kvashuk começou a gerar e revender cartões do Xbox. O esquema teve um início pequeno, com cartões de US$ 10 a US$ 100, mas depois cresceu tanto que Kvashuk chegou a empregar comparsas no golpe e criar contas falsas, roteando a internet ao redor do mundo e gerando o equivalente a milhares de dólares em cartões.

De certo modo, podemos dizer que Kvashuk foi pego pela própria ganância. O esquema ficou tão grande que chegou a impactar no preço dos cartões legítimos gerados pela Microsoft e vendidos em lojas autorizadas, já que as pessoas estavam conseguindo comprá-los por valores bem menores no mercado cinza. Eventualmente, então, a equipe de investigação da empresa conseguiu descobrir de onde os cartões roubados do Xbox estavam vindo, e chegaram a Kvashuk por volta de 2017.

Toda a história chegou ao seu desfecho em novembro do ano passado, 2020, quando o golpista foi sentenciado a nove anos de cadeia por crimes que envolvem fraude, lavagem de dinheiro e roubo de identidade. O caso veio à tona novamente nessa semana por causa de uma extensa reportagem feita pela Bloomberg sobre o assunto. Para o pessoal que entende inglês, com certeza vale a leitura.

Golpista tira US$ 10 milhões da Microsoft usando cartões do Xbox