Assassin’s Creed Infinity será online e terá inspiração em GTA

1 min de leitura
Imagem de: Assassin’s Creed Infinity será online e terá inspiração em GTA
Imagem: Ubisoft/Reprodução
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Ubisoft revelou, nesta quarta-feira (07), a existência de Assassin’s Creed Infinity, codinome do próximo game de uma das principais franquias da empresa. O título deve ser online e tem inspirações em GTA Online e Fortnite.

De acordo com a desenvolvedora, a produção está sendo feita em conjunto pelos estúdios em Quebec e Montreal, que historicamente tinham uma rixa. Marc-Alexis Côté, produtor-executivo de Assassin's Creed: Valhalla e Immortals: Fenyx Rising, será um dos líderes da colaboração.

Julien Laferrière, da Ubisoft Montreal, foi nomeado como produtor sênior e supervisionará o projeto. Ele trabalha com a série desde 2007. Em uma publicação em seu blog oficial, a empresa também revelou que Jonathan Dumont e Clint Hocking serão os diretores criativos de Infinity.

Assassin's Creed

“Embora saibamos que sempre há espaço para melhorias, acreditamos que essa nova estrutura nos permite garantir que a diversidade e a representação em nossas equipes continuem a crescer e se igualar às de nossos jogadores”, diz um trecho do texto.

Game como serviço

Horas antes da revelação oficial da existência do jogo por parte da Ubisoft, Jason Schreier, da Bloomberg, deu mais detalhes sobre o assunto. De acordo com uma reportagem assinada por ele, o novo título será um grande multiplayer online que será ambientado em vários cenários históricos, que estarão conectados de alguma forma aos games da série principal.

O plano da desenvolvedora é fazer com que Assassin’s Creed Infinity (nome provisório) seja um Game as a Service (GaaS), ou seja, que ofereça um modelo de renovação constante de conteúdo e monetização. A inspiração será em grandes sucessos recentes da indústria como GTA Online e Fortnite.

O jornalista pontuou ainda que o novo projeto está longe do lançamento e que o andamento dos trabalhos foi afetado pelas alegações de assédio e abuso que recaíram sobre profissionais da Ubisoft nos últimos anos. Todos esses casos foram investigados, segundo a fonte de Schreier.

E aí, como estão suas expectativas para um Assassin’s Creed em formato de GaaS? Deixe a sua opinião na seção de comentários abaixo!

Assassin’s Creed Infinity será online e terá inspiração em GTA